Como sobrar dinheiro: 5 super dicas que funcionam

16 de julho | 2018

Está começando o Podcast do Me Poupe, eu sou Nathalia Arcuri. E você vai ter agora um conteúdo espetacular, feito para você enriquecer licitamente nessa encarnação.

Se prepara, aprende direitinho e aplique todas as dicas, HOJE.

Você chega ao final do mês sem um puto na carteira, olha para sua conta bancária e ela parece o Vale do Silêncio.

Cri… Cri… Cri…

Hoje vou te dar CINCO DICAS, e mais uma DICA BÔNUS, de coisas que eu fiz ao longo de toda minha vida financeira, e continuo fazendo, e que me permitiram ter mais de um milhão de reais investidos.

Olá meninos e meninas, sejam muito bem-vindos ao Me Poupe, o canal mais rico do mundo. O maior canal de finanças do planeta, você acredita?

A Nath, que no caso sou eu, fez dois anos atrás vários vídeos para quem estava começando a investir. Esses vídeos ficaram velhos.

A gente perguntou pra galera quais eram os vídeos que eles queriam que fossem refeitos, e este é o primeiro.

Ao longo de toda a minha vida, eu tive metas. Quando eu tinha 8 anos de idade, a minha meta era ter um carro aos 18.

Anormal? Sim.
Rica? Sempre.

DICA 01: Saiba o que você quer

Quando eu finalmente consegui ter o meu carro, a minha meta era ter o meu apartamento. Eu sempre soube exatamente o que eu queria, e isso fez muita diferença. O que eu não sabia e fui entender depois é que não adianta ter só metonas…É preciso ter uma metona, meta, metinha, metinhazinha e a última, que eu inventei hoje, que se chama “não se meta”.

Metona: são aquelas metas, o que você quer pra daqui dez anos ou mais, como a sua aposentadoria ou a independência financeira, por exemplo.

Meta: médio prazo, coisa ali entre dois anos e cinco anos, seis anos. Sabe aquele seu namorado que tá te enrolando? Que você fala: Ah, vamos casar daqui a cinco anos…

Aproveita, minha filha, que é só daqui a cinco anos e poupa e investe para essa meta.

Metinha: curto prazo, coisa ali entre seis meses e dois anos, uma viagem que você quer fazer por exemplo.

Metinhazinha: tudo o que eu quis, tudo o que eu quero, eu transformo em metas. Quando eu fui fazer o Me Poupe!, eu tinha um dinheiro lá que não estava investido, ele estava esperando algo para ser usado.

E eu queria porque queria fazer o canal. O que eu fiz? Eu comprei este computador e esta câmera que estamos gravando, de segunda mão.

Isso pra mim era uma metinhazinha, porque eu queria realizar em no máximo três meses. Eu queria comprar isso o mais rápido possível pra poder começar o meu canal. Então eu transformei esses aparelhos, que hoje continuam sendo usados, em metinhazinhas.

E finalmente Não se Meta, você vai aprender agora como usar.

Quando você começar a falar para as pessoas que você tem metas, as pessoas vão falar pra você: “Nossa meu, por que você tá fazendo isso? Vamos lá pro bar que é bem melhor”.

Só que essas pessoas não sabem o que de fato é importante pra você, e aí entra o “Não se Meta”. Então, eu preparei aqui várias maneiras de você falar “não se meta”, sem ser arrogante:
– Não se meta.
– Ah gente, não se mete.
– Não se meta com a minha meta.
– Ou então você também pode usar o não se meta em silêncio…

E pronto, o papo está encerrado.

DICA 02: Peça desconto

Se você não pede desconto, você está perdendo dinheiro. Essa coisa de ter vergonha de pedir desconto é coisa do passado. A moda agora é…pedir desconto.

Quando você chegar na loja e for pedir desconto da próxima vez, mentaliza a Nath. Guarda a Nath na sua cabeça, falando o seguinte pra você:
– Quanto é o desconto pra mim?

Nunca mais você me pergunte se tem desconto.

E aí a pessoa pode falar: “Ah desculpa, mas a gente não tem desconto”.
– Posso falar com o seu gerente?
– Ai, meu gerente não está na loja.
– Então vou aguardar ele voltar.
– Eu vou chamá-lo.

Aí vem o gerente e você fala: “Poxa, eu gostei tanto dessa loja, você não vai fidelizar a cliente, já que eu estou comprando pela primeira vez, vou trazer um monte de gente depois e tal”…
– Olha, a gente não trabalha com descontos.

Ai sabe o que você faz – eu faço isso sempre, e sempre dá certo:
– Posso falar com o seu sistema? Aquele sistema! Vamos lá conversar com o seu sistema pra ver se ele tá de bom humor hoje.

Aí você vai até o sistema e fala: “Ah, joga aí 5%”.
Aí ele vai jogar 5% e vai falar: “Nossa, não é que ele deu o desconto?”

E pronto! Você consegue o desconto e vai ser para o resto da vida. E agradece a Nath, claro.

DICA 03: Evite o desperdício

Atenção para a frase: O que não é usado é dinheiro parado. O que vai para o lixo é dinheiro no lixo.

Se você tem objetos encostados, roupas encostadas, é dinheiro que está parado e poderia estar circulando. Alimentos que você compra e joga no lixo sem usar também é desperdício. Além disso, tem um monte de gente que está passando fome.

Você mesmo que está reclamando que não tem dinheiro no final do mês, sabe quanto você teria se não tivesse comprado e jogado no lixo uma maçã e duas bananas, por semana?

São mais ou menos dez reais por mês. No final do ano, são 120 reais. No final de dez anos, são 1200 reais. Isso sem falar na aplicação.
Agora, imagina todo o resto que você compra, e não usa?

Você está jogando dinheiro no lixo! Então a partir de hoje, desperdício zero.

Outro desperdício que ninguém vê como desperdício e isso me dá palpitações…Investimento ruim.

Se você está com dinheiro na Poupança, e está lá rendendo 4% ao ano, e poderia estar com esse dinheiro rendendo pelo menos 6% ao ano com as dicas do Me Poupe!, você está jogando dinheiro no lixo sim!

Você que está chegando nesse canal agora: calma, não se assuste! A verdade é assim mesmo e às vezes dói. Mas é importante porque é com um chute na bunda que você vai pra frente.

DICA 04: Pesquise antes de comprar

Sabe a preguiça? Você pega, amassa, engole e caga.

Pesquise antes de comprar em pelo menos três lojas diferentes. Existe um recurso maravilhoso chamado Google. Tem outros negócios lá chamado Buscapé, Zoom.

São sites que você coloca o que você quer comprar, e eles te dão uma lista de onde vende mais barato. Um negócio incrível. Então você vai lá, e faz uma pesquisa daquilo que você quer.

Pesquisou? Vai comprar? Não.

Você pode pegar aquele preço da internet, o mais barato, e você vai com aquilo impresso em uma loja física. Eu fiz isso e sei que funciona, porque sempre faço.

Foi assim que eu conquistei o meu atual marido inclusive.

Vamos a loja comprar o ar condicionado. Peguei, fiz a pesquisa, e fomos à loja. O ar condicionado na loja era mil reais mais caro que o ar condicionado mais barato da internet.

Ele falou: “Vamos embora que isso não vai funcionar”.
– Você não sabe com quem está falando, meu amor.

Sentei, achei o cara lá que era o mais simpático dos vendedores, e negociei durante uma hora e meia. Saí de lá com o mesmo ar condicionado, por 200 reais a menos do que na internet.

É apenas planejamento de uma compra bem feita.

DICA 05: Ganhar mais dinheiro

Você já poupou, já acabou com o desperdício, já aprendeu a pechinchar, já pesquisou…e ainda não consegui fazer sobrar dinheiro no final do mês?

Agora, só dá pra ganhar mais dinheiro e isso é muito simples.

“Até parece que é simples ganhar mais dinheiro”.

É, desde que você tenha disciplina e saiba ver as oportunidades.

Por exemplo, lembra que viu lá que tinha roupa, coisa parada em casa? Essa é uma excelente maneira de fazer renda extra.

O que você pode vender? Que tipo de aulas particulares você pode dar? Que tipo de freelas você pode fazer? Quem você pode ajudar?

Se falta dinheiro, começa a fazer dinheiro. Se você está desempregada ou desempregado, não fica esperando o emprego dos sonhos aparecer. Faz o que estiver aí na sua frente.

Se você chegou até o final deste Podcast parabéns! Saiba que 70% das pessoas desistem no caminho, e é por isso que poucas pessoas conseguem enriquecer.

Então se você chegou até aqui, pegue todas essas dicas e comece a aplicar: as dicas e o seu dinheiro.

Beijo, e até o próximo Poupecast.

Confira o Podcast

Você também pode gostar

ESPECIAL 30 anos e sem dinheiro: onde investir?

Investimento de pobre e investimento de rico! Como você investe?

Entenda a diferença entre CDB e CDI

Comentários

Seja o primeiro a deixar seu comentário