Tesouro Nacional alcança mais de 1 milhão de investidores e deve ultrapassar meta para 2019

10 de maio | 2019

O número foi atingido em abril e a projeção é de que o Tesouro Nacional ultrapasse a meta de 2019. A B3 também alcançou o marco de 1 milhão de investidores

Por Camila Mendonça

O Tesouro Nacional e a B3 alcançaram  o marco de 1 milhão de investidores no final de abril deste ano. “Esse número é um reflexo positivo de um movimento de disseminação de informação”, avaliou Felipe Paiva, diretor de Relacionamento com Clientes Brasil da B3, durante a apresentação dos dados. “As pessoas ainda têm a percepção de que elas só vão investir quando receberem alguma bonificação ou o décimo terceiro”, afirmou.

Esse número de investidores, porém, poderia ser maior não fosse alguns entraves culturais e de comportamento quando o assunto é investimento. Esses entraves foram verificados em uma pesquisa qualitativa realizada pela B3 com 1.096 pessoas de todas as regiões, com idade entre 18 e 65 anos. O estudo buscou avaliar seus comportamentos e motivações na hora de investir.

Segundo a pesquisa, 61% dos entrevistados acreditam que é preciso ter mais dinheiro para investir. A falta de conhecimento de modalidades seguras e mais rentáveis que a Poupança também são entraves. O estudo mostrou que 46% dos entrevistados afirmaram conhecer o Tesouro Direto, mas apenas 10% disseram que investem nessa modalidade.

Quando o assunto são outros investimentos em renda fixa, como CDBs, esse número é ainda pior: apenas 36% dizem conhecer e, desses, apenas 9% afirmam investir nesses papeis.

A desconfiança em relação a novas modalidades também é entrave. Apenas 31% dos entrevistados confiam nas recomendações dos assessores de investimentos; 30% ainda confiam muito nas instituições financeiras e 33% ainda confiam nos gerentes de seus bancos.

Segundo Paiva, esses números devem mudar diante do cenário econômico. Nesta semana, o Copom (Comitê de Política Monetária) manteve a taxa básica de juros, a Selic, em 6,5% ao ano. A taxa é utilizada como indexador para muitos investimentos de renda fixa e está há mais de um ano no menor patamar da história. “Isso pode fazer com que as pessoas saiam da zona de conforto e comecem a diversificar”, acredita Paiva.

Perfil

Apesar do número de investidores do Tesouro Nacional e B3 serem semelhantes, o perfil desses investidores é diferente. Do total de 1,016 milhão de investidores da B3, 78% são homens e 56% deles têm idade entre 26 e 45 anos.  Apesar de crescente, o número de investidores mulheres ainda é menor: em torno de 22% do total.

Segundo a B3, 40% dos investidores têm até R$ 10 mil investidos. Porém, eles não representam sequer 1% do total do estoque da Bolsa, que soma mais de R$ 227 bilhões. Outros 15% dos investidores têm entre R$ 10 mil e R$ 25 mil investidos. Por outro lado, 1% dos investidores da B3 detém 55% do estoque e têm investidos acima de R$ 5 milhões.

No Tesouro Direto, o perfil muda um pouco. As mulheres são minoria, mas em uma proporção maior do que na B3. Elas representam 35% dos investidores. Os investidores do Tesouro Direto também são mais jovens, proporcionalmente, que os investidores da B3: 39% das mulheres têm idade entre 26 e 35 anos – mesmo percentual entre os homens.

Os números mostram que 56% dos investidores do Tesouro Direto têm até R$ 10 mil investidos, mas eles representam apenas 2% do estoque do Tesouro, que soma R$ 57 bilhões. Por outro lado, 10% dos investidores detêm 34% do estoque e têm entre R$ 100 mil e R$ 500 mil investidos no Tesouro Direto.

A meta do Tesouro Nacional era atingir em torno de 1,350 milhão de investidores até o final deste ano. A projeção é que, com o recorde de abril, essa meta seja ultrapassada.

Você também pode gostar

EXCLUSIVO: Tesouro Direto anuncia mudanças e investidor vai ganhar mais!

Tesouro Direto: passo a passo mais simples e prático!

5 MAIORES DILEMAS SOBRE TESOURO DIRETO! Leia e invista hoje

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a deixar seu comentário