Nota de 200 reais pra quê? O que isso tem a ver com você?

30 de julho | 2020

Ontem, o Banco Central anunciou que uma nova nova circulará entre nós a partir do final de agosto: é a nota de 200 reais! Desde então, só se fala nisso: por que ela existe? O que ela vai influenciar na economia? E a inflação?? Calma, nação me poupeira: tô chegando com as respostas!

Por Me Poupe! 

“Nota de 200 reais? Que p*&*a é essa Me Poupe?!”

Pois é…Faz 18 anos que não são criadas notas de novos valores (lançamento da nota de R$ 20: eu fui, eu tava!). Quando isso acontece, um dos motivos é pra diminuir a procura por notas de outros valores. Isso pode acontecer porque elas tornam escassas e o governo precisa imprimir mais, o que custa dinheiro.

Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente "simples"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente “simples”

“Como assim as NOTAS ficam escassas, Me Poupe!?”

Por exemplo, se as pessoas começam a acumular dinheiro vivo em casa, que é uma coisa que tem acontecido. Quanto menos notas de dinheiro circulando, mais “quebradinho” você precisa pra chegar num valor.

Quer um exemplo? Pense no auxílio emergencial de R$ 600.

Você pode juntar R$ 600 com seis notas de R$ 100. Se as notas de R$ 100 começam a faltar, são 12 notas de R$ 50. Se elas também faltam, a próxima opção é 30 notas de R$ 20.

Ou seja, quanto mais notas de valores pequenos estão fora de circulação, mais notas desses valores precisam ser impressas, já que elas são mais usadas.

Agora, lembre-se que o auxílio soma mais de R$ 160 bilhões, e que muita gente opta por sacar o benefício em dinheiro vivo. É MUITA nota!!

Por que foi criada?

“E por que as pessoas estão acumulando dinheiro vivo em casa?!”

Quem explicou isso foi a própria Diretora de Administração do Banco Central, Carolina Barros. Segundo ela, momentos de incertezas, como o que estamos passando agora, fazem com que as pessoas guardem dinheiro em casa e consumam menos.

Se as pessoas consomem menos, esse dinheiro não volta a circular. E, se esse dinheiro não tá circulando, o Banco Central precisa imprimir novas notas pra dar conta da demanda.

Só que imprimir dinheiro custa dinheiro. No entanto, pra imprimir as notas de 200 reais, esse custo pode cair. Afinal, o resultado é a impressão de menos notas!

Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de "entendeu?"

PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de “entendeu?”

A nota de 200 reais vai aumentar a inflação?

Uma das consequências mais conhecidas de se imprimir mais notas é o aumento da inflação. Isso porque, com mais notas circulando, a moeda se desvaloriza e, consequentemente, o valor dos produtos e serviços fica mais caro e o poder de compra, menor.

No entanto, a diretora de Administração do Banco Central afirmou que a inflação não vai aumentar com a nota de 200 reais. Isso porque, atualmente, a inflação no Brasil está baixa e estável. Além disso, ela garante que não falta, hoje, dinheiro em circulação: a decisão de imprimir essas novas notas vem para se antecipar a uma demanda futura.

Já que estamos falando em inflação, a nota de 200 reais provavelmente não vai causar um grande impacto no curto prazo. Então, pode mandar mensagem tranquilizando seus pais: aquilo que eles viveram no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 dificilmente vai acontecer de novo, e com certeza não vai ser por causa dessa nota.

#PRACEGOVER: Nathalia Arcuri levanta as mãos e diz “Calma”

Tem mais dúvidas sobre a nova nova de 200 reais? Pode perguntar nos comentários!

Você também pode gostar

5 Vídeos que você tem de assistir para ter mais dinheiro em 2020!

Tá precisando de dinheiro? Passo a passo pra você vender para brechó

Evite este erro básico ao planejar a sua aposentadoria!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fernando Cassiano 31 de July | 2020

Meus Deus, será que tem mesmo gente conseguindo guardar dinheiro em casa?