Dicas de como limpar a casa em menos tempo e com menos dinheiro [+ sugestões de app]

05 de junho | 2019

Limpar a casa pode ser algo chato e dispendioso, mas necessário. Aqui vão dicas de como organizar as tarefas para você economizar tempo e dinheiro, usando a tecnologia a seu favor

Por Viva Decora 

Uma casa limpa parece mais bonita, funciona melhor, é mais harmoniosa e faz mais bem à saúde de seus ocupantes. A pessoa pode dizer que tem preguiça de arrumar as coisas, de deixar tudo em ordem.

Só que ela precisa entender que, embora a tarefa seja mesmo chata, ela é bastante necessária. E tem formas mais simples de administrar tudo isso, incluindo os gastos com tempo, produtos e equipamentos. Saiba mais a seguir!

Idealizzare Arquitetos

Ordem da arrumação e limpeza da casa

Limpar a casa nunca será uma tarefa prazerosa, isto é fato. Mas, tem jeitos de deixá-la menos chata e fácil. Primeiro, a pessoa tem que mentalizar a motivação de realizar tal coisa – deixar os espaços mais funcionais, agradáveis, bem cheirosos e seguros.

Depois de listar suas razões, é hora de colocar as mãos na massa.

Etapa 1

A etapa número um de uma limpeza tem de ser a arrumação geral. Tirando de cena tudo que não pertence aos ambientes e levando de volta cada um para o seu lugar de origem já facilita a ordenação dos espaços.

Em um segundo momento, pode-se fazer uma separação do que precisa ser lavado, lustrado, consertado ou melhor organizado dentro de caixas e pastas. Só então parte-se, de fato, para a limpeza pesada.

Etapa 2

Itens têxteis costumam acumular muita poeira. Se faz tempo que a pessoa não limpa a casa, é melhor ela recolher, dentre essas peças, as menores coisas para colocar pra lavar – melhor que seja num dia de sol.

Estão nesta lista as capas de almofadas, cortinas, mantas, colchas, fronhas, lençóis, toalhas de mesa e de banho, panos de prato, edredons, entre outros itens.

Agora, as peças maiores em tecido – ou encapadas em tecido – devem receber uma limpeza local mais cuidadosa. Tapetes e estofados, por exemplo, devem receber uma higienização a seco ou apenas com um pano umedecido com água e sabão neutro. Tudo vai depender das especificações dos fabricantes.

Idealizzare Arquitetos

Etapa 3

Na fase seguinte, é a vez da retirada de poeira acumulada sobre as superfícies. Todas as prateleiras, nichos, tampos de mesas e balcões, além dos topos de roupeiros e armários, devem ser limpos. Isso pode ser feito com auxílio de uma flanela seca – feita de um tecido macio, para não arranhar os móveis.

E para alguns elementos, recomenda-se até a aplicação de produtos químicos para aumentar a conservação, brilho e proteção.

Nesta mesma etapa, não só os móveis devem ser limpos, mas também os elementos de arquitetura e ornamentação da casa. Os bibelôs, por exemplo, precisam ser espanados.

Já as janelas devem ser lavadas – uma dica bacana é usar um pano molhado com uma mistura de água e vinagre. E os pisos varridos, aspirados e, por vezes, escovados e lustrados.

Como economizar tempo, produtos de limpeza e energia elétrica

“Quanto mais a pessoa limpar a casa, menos ela precisará gastar com a limpeza da casa.”

Bem, é mais ou menos assim que funciona. Se for cumprida uma rotina de limpeza, pode ser que muitas tarefas fiquem menos complexas ou necessitem de menos tempo ou produtos de limpeza para serem resolvidas.

E o lado bom é que cada um pode montar o seu próprio cronograma baseado na sua rotina e na de sua família.

Por exemplo, a pessoa pode determinar que toda a louça suja precisa ser lavada após as refeições. Desse modo, restos de feijão, molho com gordura ou leite fervido serão “desencrostados” mais facilmente das panelas.

Ou seja, seria necessário bem menos água, detergente e “esfrega-esfrega de esponja” para limpar estes itens da cozinha. E esse mesmo raciocínio pode ser empregado a quase todas as outras tarefas da casa.

Espaço do Traço Arquitetura e Marcia Addor

No dia-a-dia, a família pode segmentar as tarefas para deixar sua rotina menos tumultuada. Seu cronograma pode prever atividades para o dia, semana, mês e ano.

Tem coisas que precisam mesmo serem feitas com mais frequência, como trocar a roupa de cama, passar um pano no fogão, tirar o lixo e escovar o vaso sanitário. Já outras só de tempos em tempos, como limpar as gavetas e recolher as folhas mortas das plantas.

Quanto a limpeza de certos pontos da casa, é preciso recorrer a uma química. Por exemplo, para higienizar e desentupir ralos de pia o indicado é usar um desincrustante alcalino.

Mas há pessoas conscientes que sabem o quanto isso é custoso para o bolso e para a natureza. Talvez seja o caso de adotar, no quotidiano, uma mistura menos danosa – como água com vinagre, bicarbonato de maçã e limão.

Aplicativos que facilitam o dia-a-dia

As novas tecnologias estão aí para facilitar a vida do seres humanos. A limpeza da casa também pode ser administrada através de aplicativos. Existem alguns mais ou menos eficientes que merecem ser citados neste texto. Veja a lista a seguir!

1. Motivated Moms: é um site (em inglês) que ajuda no planejamento da limpeza da casa, contendo muitos arquivos PDF que a pessoa pode personalizar e fazer download.

2. Sortly: também em inglês, é ótimo para fazer inventários de objetos, faz ser fácil encontrar as coisas ou dar uma nova ordem para elas.

3. HomeSlice: indicado para pessoas que dividem uma morada, organizando suas tarefas e tornando, assim, a convivência mais agradável.

4. Yadahome: combina ferramentas para coordenar e organizar atividades de uma família, como fazer lista de compras e mais.

5.Home Routines: também serve para fazer uma lista de tarefas, otimizando o tempo com a limpeza da casa – e o bom é que a pessoa pode dividir as atividades também por “zonas do lar”.

6. Brightnest: promete manter a casa em “ótima forma”, permitindo que a pessoa escreva um relatório diário e ainda receba dicas domésticas.

7. Boa Lista: como o próprio nome já diz, faz uma lista dos produtos com melhores preços no mercado, incluindo os de limpeza.

8. Limpe Fácil UAU: aponta o melhor produto que pode ser usado por ambiente, tipo de superfície, e mais.

9. Blumpa: facilita a pesquisa por mão de obra, serve para quem necessita de uma ajuda profissional para limpeza da casa.

Tudo pronto para a limpeza da casa com mais economia? Então, mãos à obra!

Estas dicas de limpeza com economia foram selecionadas pela equipe Viva Decora.

Você também pode gostar

Como trabalhar (mesmo) em casa!

10 regras para trabalhar em casa sem perder o foco

5 Dicas para escolher móveis e comprar pelo melhor preço

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a deixar seu comentário