7 Oportunidades de trabalho autônomo para quem está desempregado

23 de agosto | 2019

Existem oportunidades e caminhos pra você que quer mudar de carreira ou está desempregado. Não é fórmula mágica. É trabalho. Todas essas oportunidades precisam de energia para darem certo

Por Rock Content 

Você já percebeu que cada vez mais pessoas mudam de carreira ao longo do caminho? Felizmente, estamos todos percebendo que não precisamos ser uma única coisa durante toda a vida, já que temos diversas possibilidades. Então, por que não dar uma chance para ir em busca de algo que faça mais sentido?

O trabalho autônomo, ou mesmo o freelancer, são boas opções a quem está cansado das cobranças de um emprego CLT e pretende gerar dinheiro fazendo seu próprio horário e sendo seu próprio chefe. Ou mesmo para aqueles que ainda não encontraram sua posição no mercado de trabalho, diante do aumento do desemprego.

Preparamos, neste post, algumas sugestões para você começar uma nova vida, preenchendo seus horários com trabalhos prazerosos. E se você ainda não tem tanta certeza assim do que quer fazer, não se preocupe. Você pode começar conciliando suas horas vagas, durante um momento de transição, até conseguir fazer disso sua nova fonte de renda.

E para quem está desempregado, considere esse momento para, quem sabe, começar uma nova carreira mesmo ou criar um negócio a partir disso!

Então, vamos lá?

1. Dar aulas particulares

Você sempre teve facilidade em alguma matéria durante a escola? História, Matemática, Física, Química, Português?

Existem muitas crianças e adolescentes com dificuldade em compreender os ensinamentos do colégio e precisam recorrer a professores particulares. E muitos pais acabam contratando alguém para que vá em casa ensinar seus filhos.

O bom disso é que você pode programar turnos de noite ou mesmo no final de semana, já que durante o horário do seu emprego formal, os estudantes também têm rotinas de aulas e atividades extracurriculares.

2. Fazer bijuterias

Você não precisa largar tudo e vender arte na praia. Mas se você tiver habilidades em atividades manuais e gostar desse ramo de bijuterias, por exemplo, é possível começar a fazer algumas amostras, abrir uma conta no Instagram e postar fotos lindas.

Aliás, essa é uma boa forma de economizar, pois você pode dar de presente a amigas e familiares, nos aniversários e em outras datas. Essas pessoas servirão de modelos da sua marca, pois ao usarem o que você fez, os conhecidos delas poderão se interessar e pedir encomendas a você. A partir do momento em que você aumenta os clientes, o seu negócio se expande e os rendimentos aumentam.

3. Vender doces

Sabe aquele seu brigadeiro que todo mundo ama? Ou aquela tortinha que sua família sempre pede para você fazer quando tem um almoço especial? Que tal aproveitar esses dotes culinários de confeitaria e ganhar dinheiro com isso?

A Bruninha, a primeira participante do reality show da Nath, mostra neste vídeo como fazer renda extra vendendo brigadeiro!

Se você fizer uma pesquisa na internet, verá que existem vários casos de pessoas que largaram aquela loucura de um emprego muito exigente, começaram a fazer doces como um recurso terapêutico e, de repente, se deram conta de que podiam viver apenas disso.

Aproveite alguma data comemorativa, como Dia das Mães, Dia das Crianças, Páscoa etc., pois muitos gostam fazer encomendas nessas épocas. Caso queira se diferenciar, você ainda pode fazer doces para pessoas com diabetes, intolerância a lactose ou veganos.

4. Cuidar de pets

Você curte doguinhos e gatinhos? Outra ideia de trabalho autônomo é, nas suas horas livres, ser um cuidador. Tem muita gente que não tem tanto tempo de dar atenção aos pets, de levar para passear ou mesmo ao veterinário, e precisa de alguém que ajude nessa questão.

Conforme o negócio vai crescendo, você pode investir em um espaço na sua casa, para que os bichinhos fiquem mais confortáveis.

Caso você more em um local com quintal e espaço verde, é possível fazer canis, criar brinquedos, colocar grades protetoras para que eles não fujam. Ou seja, você constrói um mini hotel para animais. O maior perigo será você se apaixonar demais por cada hóspede que receber.

5. Organizar festas

Se você é da turma do agito e gosta dessa parte de produção de eventos, você pode se dar bem ajudando as pessoas a organizarem festas.

Uma ideia é começar com amigos e a própria família. Não se sinta desconfortável em pedir uma comissão por essa ajuda, afinal, você está dedicando seu tempo. Mas para não ter confusão, deixe claro, desde o começo, que você está querendo ganhar uma grana e que, por isso, você fará o serviço.

Para passar mais credibilidade, uma sugestão é já deixar preparada uma lista de tudo o que será importante para a festa, como decoração, comida, iluminação, música, fotografia. Aproveite para pesquisar e conhecer os melhores fornecedores para cada necessidade.

6. Escrever textos

Você sabe como escrever bem? Tem nas veias o sangue de escritor? Ou, então, é um desejo que você tem desde a adolescência? Pois saiba que é plenamente possível ganhar dinheiro escrevendo.

Com o avanço da internet, muitas empresas passaram a necessitar de formas para se tornarem mais conhecidas para os consumidores na web. A publicação de artigos as ajuda a ganhar mais notoriedade.

Com isso, começaram a surgir empresas que contratam redatores freelancers para escrever para seus respectivos clientes. Como elas fazem a intermediação, o redator já recebe as pautas prontas e completas sobre o que escreverão.

A vantagem de um trabalho assim é que você pode fazer no horário em que quiser e sem precisar sair de casa. Basta ter um computador com acesso a internet.

7. Fazer revisões

Geralmente, as mesmas empresas que contratam os redatores precisam de revisores, para que o texto esteja alinhado. Afinal, mesmo que uma pessoa tenha facilidade para escrever, é possível que ela cometa alguns deslizes e não conheça todas as regras gramaticais e textuais.

O revisor é, então, aquela pessoa que pega diversos artigos para ler e faz as correções, deixando o texto ainda mais compreensível e sem falhas. Não é necessário ter formação em cursos específicos, como Letras, mas é imprescindível ter um amplo conhecimento sobre a língua.

Assim como o redator, é possível trabalhar em casa, ou no lugar em que você quiser, fazendo seu próprio horário.

Bem, começar um trabalho autônomo nem sempre é a coisa mais fácil do mundo. Será preciso um pouco de persistência e muitos aprendizados iniciais. No entanto, com planejamento e força de vontade, é possível encaixá-lo nas suas horas vagas e começar a fazer algo que traga mais satisfação para viver ou, até mesmo, para ganhar aquela grana a mais e conquistar algumas metas.

E se você curtiu as ideias de ser redator ou revisor, é só se cadastrar no banco de talentos de Rock Content e desfrutar da liberdade de ser um freelancer!

Você também pode gostar

6 testes que você precisa fazer antes de largar o emprego para ser freelancer

9 dicas para conciliar sua carreira com o trabalho freelancer

Freelancer: 5 Motivos para você ter um CNPJ

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a deixar seu comentário