5 Perguntas e respostas sobre uma das criptomoedas mais valiosas do mercado

31 de outubro | 2018

Neste artigo, a gente explica tudo sobre a terceira criptomoeda com maior valor de mercado, conhecida como Ripple-XRP. Não entendeu nada? Leia tudo sem preguiça!

Por Edson Ichihara

Não é só de Bitcoin que vive o mercado de criptomoedas. A Ripple, que tem a sigla XRP, tem o terceiro maior valor de mercado entre as criptomoedas. Ela fica atrás apenas do Bitcoin e do Ethereum – sobre a qual já falamos aqui neste texto.

De acordo com o site CoinMarketCap, o valor de mercado do XRP (no dia 15 de Outubro de 2018), era de quase U$ 18 bilhões de dólares. Isso mesmo: U$ 18 bilhões!

A vantagem da XRP, em relação ao Bitcoin e ao Ethereum, é que o preço unitário dele é bem menor, de U$ 0,449173.

Para facilitar sua leitura, vou dividir o artigo em 5 perguntas e respostas para você entender mais sobre a Ripple (XRP). Não esqueça que este artigo é para aumentar o seu conhecimento. Não é uma recomendação de compra.

1. O que é o Ripple?

Ripple é uma empresa especializada em transações financeiras internacionais. Ela criou um Blockchain chamado Ripplenet. Ao contrário do Bitcoin e do Ethereum, a Ripple funciona como uma empresa. Ela tem parceria com vários bancos, incluindo o Santander.

Ela possui três produtos que realizam as operações financeiras internacionais de forma mais rápida e barata. O produto mais conhecido é o xCurrent. O Santander lançou um produto chamado Santander One Pay FX utilizando esta tecnologia.

Para você entender esse produto de uma forma mais didática, o xCurrent facilitou o envio de dinheiro para o exterior pelo sistema bancário. Antes, demorava cerca de 2 dias e as taxas eram altas. Hoje, através dessa tecnologia, você consegue mandar dinheiro para o exterior em até 2 horas, com custo mais barato.

Além do xCurrente, a Ripple também lançou o produto xVia, que padroniza a interface de pagamentos para os bancos. E também criou o xRapid, que dá maior liquidez para as operações bancárias. É neste último produto que a criptomoeda XRP entra.

2. O que é a criptomoeda XRP?

Agora, sim, vamos falar da criptomoeda XRP da Ripple. Ela é usada no Blockchain da Ripple, principalmente no produto xRapid. Para o xVia e o xCurrente, o uso da XRP é facultativo.

Existem no total quase 100 bilhões de XRPs, porém a maior parte está com a própria Ripple. Quase 40 bilhões de XRPs estão disponíveis no mercado. E, ao contrário do Bitcoin e do Ethereum, ela não é uma criptomoeda minerável, ou seja, o número total de XRP circulante não vai mudar.

O controle do Blockchain da XRP – Ripple é centralizado pela empresa Ripple, por isso que não existe ganho com a mineração como no Bitcoin e Ethereum. Você pode até ajudar na Rede Ripple, mas não ganhará nada com isso.

E não esqueça: a criptomoeda XRP não é nenhuma ação da empresa Ripple, ou seja, você não ganhará dividendos com ela. A XRP é somente a criptomoeda utilizada na Rede Ripple.

3. Quanto custa a XRP?

Atualmente o preço da XRP está em U$ 0,46. Gráfico do site investing mostra que a XRP teve um aumento até U$ 0,71 no dia 21 de setembro e caiu, no dia 15 de outubro, para U$ 0,45.

No mesmo site da investing, se colocarmos o gráfico de 1 ano, você percebe que no dia 27 de novembro de 2017 o preço da XRP estava em U$ 0,23, depois chegou ao máximo de U$ 3,21 no dia primeiro de janeiro de 2018 e no dia 10 de setembro de 2018 voltou a casa dos U$ 0,25.

Depois desse mínimo na casa dos U$ 0,25, a XRP se valorizou.

Veja que, assim como as outras criptomoedas, ela teve uma supervalorização em janeiro de 2018, e depois entrou numa tendência de baixa até os U$ 0,25 em setembro de 2018.

4. Onde comprar a XRP no Brasil?

Você encontra a XRP em várias exchanges internacionais, mas como eu sei que é mais fácil comprar em uma corretora brasileira, eu pesquisei onde ela é vendida.

Hoje, existem duas exchanges brasileiras que realizam operação de XRP (Ripple): o Mercado Bitcoin e o Braziliex.

São duas corretoras brasileiras de criptomoedas que são populares na venda de Bitcoin também. O Mercado Bitcoin trabalha com depósito em reais no Banco Brasil Plural e na Caixa Econômica Federal, enquanto a Braziliex trabalha com o Banco Sicoob (Banco Cooperativo do Brasil).

5. Quando comprar?

Criptomoedas como a XRP é um investimento de alto risco, por isso eu só compraria se já tivesse uma boa Reserva de Emergência e investimentos de longo prazo no Tesouro Direto.

A vantagem da XRP é que ela é barata, então você pode comprar R$ 100,00 a cada mês e conseguir um bom número de XRP durante um ano.

Não dá para prever se ela vai se valorizar ou desvalorizar, por isso utilize somente o dinheiro que não vai te fazer falta no futuro.

Conclusão

A criptomoeda XRP pode ser uma alternativa mais barata para você começar a comprar as criptomoedas. Como ela possui uma empresa por trás da criação dela, a XRP pode ser uma interessante opção de compra.

Espero que tenha gostado do artigo e se tiver alguma dúvida, escreva nos comentários

Este texto é de responsabilidade do autor do artigo e não reflete necessariamente a opinião do Me Poupe!

 

 

 

 

Você também pode gostar

Ethereum: o que é e como utilizar?

Como comprar Bitcoin com segurança e sabedoria

Tenho mil reais. Vale mais a pena investir no Tesouro ou em Bitcoin?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Norma Campos 02 de November | 2018

E se eu quiser vender quando ela estiver valorizada, onde faço isso? Na mesma exchange? Obrigada pela postagem interessante!