5 Dicas para chegar ao primeiro milhão ganhando pouco (Parte 1)

14 de setembro | 2018

Ter R$ 1 milhão na conta bancária não é exclusividade de quem ganha rios de dinheiro. Com planejamento e (muito) esforço é possível, sim, ficar milionário. A gente mostra como.

Se você é daquelas pessoas que acreditam que só é possível ficar milionário licitamente no Brasil ganhando na Mega-Sena ou herdando uma fortuna, é melhor parar tudo agora e repensar seu conceito. Dá, sim, para ter R$ 1 milhão trabalhando para você, mesmo ganhando pouco.

Mas não pense que é simples e nem fácil. As estratégias existem, mas elas só funcionam para quem segue um plano e as aplica de verdade.

Por isso, antes de continuar lendo este texto, você precisa fazer um exercício de autoconhecimento financeiro. Não se trata do diagnóstico de receitas e despesas ou planilhas. Mas sobre você, suas aspirações e seus objetivos.

“Mas o que isso tem a ver com o meu primeiro milhão?”

Tudo.

Se você não entender a relação que tem com o dinheiro, qualquer quantia que você definir como meta dificilmente será alcançada – pode ser R$ 1 mil ou R$ 1 milhão. Pensar sobre isso é o primeiro grande passo para chegar lá.

Então, antes de seguir dicas de como chegar a esta marca, você precisa responder a algumas questões com sinceridade: por que ter R$ 1 milhão é importante para você? Qual o objetivo por trás desse número? O que você fará quando atingir esta cifra?

Ter estas respostas claras e definidas é criar combustível suficiente para mantê-lo na estrada. O caminho é longo e sem atalhos, mas é possível de ser percorrido, mesmo ganhando pouco. Só com planejamento é possível chegar lá.

 

Agora, sim!

Agora que você entende a importância desse marco para você, é hora de colocar em prática as estratégias. Vamos às dicas que vão lhe ajudar a alcançar o seu primeiro milhão!

 

1. Faça uma faxina financeira

Pensou que ia escapar disso? É nesta hora que você vai tirar uma fotografia das suas finanças e entender quais são suas despesas, receitas, passivos e ativos. Traduzindo: é aqui que você entende quanto de fato ganha, quanto você custa todo mês, as dívidas e o patrimônio que tem.

Tudo isso porque não adianta querer juntar R$ 1 milhão com as finanças bagunçadas e com dívidas! Faça uma faxina financeira: reduza gastos com serviços essenciais, como conta de celular, internet, TV a cabo; e corte gastos que não são importantes pra você. Com o orçamento organizado, faça um planejamento para pagar as dívidas.

2. Crie uma reserva de emergência

“Agora que está tudo organizado, posso começar a juntar dinheiro?”

Sim. Mas não é para o R$ 1 milhão.

Não é porque se livrou das dívidas e tem algum dinheiro sobrando que sua estratégia milionária começa. Antes de qualquer coisa, você precisa criar sua reserva de emergência – aquele dinheiro que está ali para ser usado….em uma emergência. É ele que vai garantir que seu planejamento não sairá dos trilhos porque você, de repente, quebrou um dente e vai precisar gastar com uma cirurgia.

3. Crie metas e tenha um plano de ação

Agora que você está com as finanças em dia, sem dívidas, com reserva de emergência e se organizou para que sobre dinheiro todo mês, é hora de criar um plano de ação para alcançar seu primeiro milhão. Ter o R$ 1 milhão como grande meta não é o suficiente. É preciso saber quando alcançará a marca e como.

O importante nesta trajetória é quebrar esta grande meta em metinhas. Assim fica mais palpável alcançar o valor. Você pode decidir juntar R$ 100 mil por ano, por exemplo. A cada metinha concluída, se recompense – fica mais fácil continuar no caminho.

Tenha em mente como vai atingir cada marco, sem deixar de lado a sua vida presente. É possível poupar o mesmo valor todos os meses, aumentando o valor a cada ano, de acordo com a inflação ou de acordo com o momento de sua carreira. Não importa o que definir: estabeleça um método para chegar lá.

4. Tenha foco

É neste ponto que você vai perceber porque é importante ter um bom motivo por trás do valor que quer alcançar. Com propósito, é mais difícil desviar o caminho. Aqui tudo vira meta: de um passeio que quer fazer com o namorado a uma calça da qual precisa. Tudo. Crie um carimbo para cada gasto que quer fazer, inclusive um bem grande para o seu milhão.

Dessa forma, aquilo que não faz parte da sua lista de metas e não tem um carimbo simplesmente não entra no orçamento. Como toda meta, é preciso entender os motivos por trás daquilo que se quer. Parece cansativo? Pode apostar que, em pouco tempo, pensar dessa forma fica automático e você vai economizar mais.

Por exemplo: você quer comprar um relógio de R$ 600. Pergunte-se: por que você quer o relógio? Ele é de fato importante pra você – e apenas pra você? Você tem dinheiro para comprá-lo? Se o relógio for importante pra você por qualquer razão que diz respeito apenas a você, o coloque como meta, crie um carimbo pra ele, pesquise, dê um jeito de tê-lo da forma mais barata possível. E só compre quando de fato tiver dinheiro.

 

5. Invista primeiro, gaste depois (mesmo!)

Quem já perdeu o emprego ou conseguiu um trabalho com salário menor do que tinha antes sabe o que é ajustar o orçamento. Todo mundo passou por isso durante a crise econômica: quando as coisas estão difíceis, é hora de apertar o cinto, certo?

Se conseguimos ajustar as finanças durante tempos difíceis, podemos muito bem ajustar as finanças depois de separarmos a parte que cabe a nossa meta. Não entendeu? Simples: invista antes e viva com o que sobra. Crie uma parcela mensal para o seu milhão.

Normalmente, as pessoas querem poupar aquilo que sobra. Mas sempre aparece alguma coisa que nos impede de fazer sobrar alguma coisa no fim do mês. Não confie em você: agende transferências mensais para a conta da corretora ou diretamente para algum investimento que você já tenha. Ajuste sua vida com o que sobra.

 

Pensa que acabou? Não acabou, não. Na próxima semana, a gente vai te mostrar mais 5 dicas para você alcançar o seu primeiro milhão e um bônus!

Então, compartilha este texto e conta pra gente qual dessas dicas é mais difícil pra você!

Você também pode gostar

Mais 5 dicas e uma bônus para ter mais dinheiro, ganhando pouco (Parte 2)

5 Lições sobre dinheiro para ensinar aos filhos

5 fintechs para repensar como investir o seu dinheiro

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gláucia 26 de September | 2018

Na minha opinião o que faz toda diferença é saber aonde queremos chegar. Saber bem o que queremos e o por quê? Saber se isso realmente nos faz feliz. Descobrir o nosso propósito. E fazer o que realmente amamos.

Priscila Rossetto 25 de September | 2018

Nath!!! Antes de conhecer o seu canal, eu vivia literalmente no vermelho! Alias, depois do vermelho (isso existe, pode ter certeza HAHAHA). Maratonar o Nathflix, ler os artigos deste blog e o seu livro me ajudaram e MUITO! MUITO OBRIGADA!! Tenho ainda muito o que me ajustar, masss já posso dizer que já dei meus primeiros passos! Obrigada mesmo, de verdade!! \o/

Wadson Antunes 20 de September | 2018

Boa noite Nathalia. Das 5 dicas a mais complicada nesse momento é de me livrar das dívidas, mas coloquei como meta me livrar delas ate o início de janeiro de 2019. Fazer um fundo de emergência para começar a investir.

Vanessa Duarte 20 de September | 2018

Nath, você é 10!!!!! Sempre fui poupadora mas depois do Nathflix estou super empolgada com meus investimentos e ja abandonei a poupança! Muito obrigada pelas dicas e por nos ajudar. Você é maravilhosa!!! Graças a DEUS conheci você! Amém!!!!! Ah. Quando for se aposentar não nos abandona!!!!

Juliano Goldoni Gandra 20 de September | 2018

Não conhecia seu trabalho, um colega começou a seguir suas dicas e conselhos e esta no certo, muito focado no objetivo de mudar de vida, e hoje estou seguindo seus conselhos também, muito obrigado por tudo...

Diego 20 de September | 2018

Excelente conteúdo Nath parabéns pelo Blog e por ser essa pessoa incrível Te admiro muito !

Adelson 20 de September | 2018

Nath....Me Poupe sempre com conteúdo bacana,uma dúvida,tenho 5k,melhor um CDB (110%) por cinco anos ou tesouro SELIC pelo mesmo período,sem aportes mensais.Um Abraço a Família Me Poupe.

SIMONI FERNANDES FRANCO CAVALHERI 19 de September | 2018

Eu adoro suas dicas mas eu comecei a guardar dinheiro mesmo com um orçamento apertado seguindo apenas sua dica paga se primeiro abri a conta na corretora que pesquisei e que aceitou um investimento de apenas 100 reais mensais e vou investir pro resto da vida. Não abdiquei de nada e fiz um planejamento anual bacana de aumentar meus aportes anuais dobrar a cada ano. BJS

Anderson 19 de September | 2018

Nath esse espaço de índices úteis , esses indicadores de Selic em 6,40 e o CDI em 6.39 são porcentagens ao mês ou ao ano?

Flavia 19 de September | 2018

Olha o que meus pais faziam: eu não tinha mesada, mas se o lanche custava por exemplo R$ 5,00, eles me davam R$ 7,00. Aí eu falava: "Mas mãe, o lanche é R$ 5,00, vai sobrar R$ 2,00!" E ela dizia: "Então guarde". Meus pais são meus exemplos! Nathy, vc mudou minha visão sobre finanças. Já tinha a cultura de não gastar mais do que ganho e investir para o futuro (graças aos meus pais) porém não sabia o caminho a trilhar. Você foi essencial neste processo. Estou revendo meus investimentos, definindo metas mais claras e direcionando para aplicações melhores. Obrigada!

Elaine dos Santos 18 de September | 2018

Nath amoooo seu canal !!!! Ler essas dicas faz o desejo de ter tranquilidade financeira possível !!! Obrigada por compartilhar !!!

Cristiano 16 de September | 2018

Ótimo, sempre bom ter metas, é o q nos mantém.

Aparecida Maria Dantas Ramos 15 de September | 2018

Eu amo os vídeos da Nathalia Arcuri.

Joyce de Moraes Montilares 15 de September | 2018

Com certeza fazer "o limpa" nas contas é de extrama importância. Rumo ao 1° milhão 😍