Brasil: aprenda com ele e não repita!

Quer saber como o Bolsa Família pode te ensinar a poupar? Pois é… quem diria! Você que nem no Cadastro Único está pode se beneficiar desta pseudo-maravilha brasileira! Iupi!
 
 
 
Tá na Veja desta semana (não que isso seja lá grande coisa, ok?). O Brasil é um dos países mais generosos com sua população carente. Entre Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Bolsa Pescador (sim isso existe), Aposentadoria, etc são gastos anualmente 980 bilhões de reais. Ainda estamos atrás de países ricos como Suécia e Alemanha, mas superamos os gastos de outros países também ricos como Austrália e Japão, que tem IDH beeeeem superior ao nosso.
 
 
O que essa gastança eleitoreira tem a nos mostrar? E como podemos usar este exemplo para não segui-lo?
Simples.
Assim como a maioria da sua população, o Brasil como instituição não cresceu ou acumulou reserva suficiente para sair gastando desta maneira. Hoje, que o país vive o emprego pleno, produz e tem a população ativa trabalhando para garantir o leitinho das crianças da creche, o material de construção do Minha Casa Minha Vida, o anzol e a isca do tal Bolsa Pescador, está tudo uma maravilha. Mas o que vai acontecer quando envelhecermos e o numero de idosos, aposentados e pensionistas empatar com o numero de pessoas em idade ativa e que paga os impostos necessários para abastecer a máquina do governo?
Não é preciso ter bola de cristal ou poderes premonitivos. Será o apocalipse.
E sem perceber, fazemos a mesma coisa com o nosso dinheiro. Gastamos tudo enquanto estamos em pleno desenvolvimento, produtivos, ativos sem pensar que esta seria justamente a etapa de reserva para o futuro. Que se guardássemos um pouco mais e fôssemos mais generosos com nosso EU futuro poderíamos desfrutar de uma vida mais tranqüila e de primeiro mundo, porque não.
O governo gasta os tubos e mantém a população pobre mamando em suas tetas fartas porque isso rende votos, cargos e garante eleições. E nós, porque repetimos o mesmo erro?
Pense a respeito e me diga daqui a quarenta anos a que conclusão chegou.
 
Cuide de aumentar sua reserva e seja feliz!

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *