Babymoon: curtindo sua última escapada a dois de forma econômica

O bebê está chegando! Pois é, igual ao inverno em Game of Thrones, ele vai chegar… E sua vida a dois mudará radicalmente depois disso. Então reserve um tempinho para pensar em sua última fuga romântica antes da chegada dos herdeiros, mas sem destruir o bolso!

Por Elle Braude

Hoje o meu dia foi particularmente cansativo.  Me sinto a mãe dos dragões terminada a batalha. Minha sala mais parece um campo de guerra infantil, com ursos feridos, coelhos jogados e livrinhos rasgados. Esses pequenos dragõezinhos exploram o que devem e não devem e quando chega a hora da refeição é hora de atirar frutas, colheres e copinhos.

Pois é, os trigêmeos chegaram…

Captura de Tela 2017-08-22 às 14.37.51

Não me entendam errado! Amo esses dragõezinhos e me divirto muito, mas tem hora que sinto saudades da época em que mofava um domingão inteiro no meu sofá com o maridão tentando escolher um filme no Netflix. Inevitavelmente, a gente dormia assim que escolhia algo…

Então, fica a dica. Agende um tempinho de despedida para você e para o seu par, mas lembre-se que em um futuro não tão distante, você terá muitas despesas com o futuro herdeiro.

Antes de começar: Avalie se tem grana disponível.

Viajar é uma delícia, mas será que que cabe no bolso? Antes de começar a “viajar na viagem”, pondere de forma realista quanto vocês podem gastar para essa última escapada.

O ideal é não financiar o babymoon e antes de arrumar as malas saber que tem uma reserva de emergência de pelo menos 6 meses de renda familiar. Combinem um valor razoável e não gastem mais que isso!

Dependendo do orçamento (ou falta dele), temos as seguintes opções de babymoon:

  1. Em casa

O intuito do babymoon é o de ter um tempo agradável com seu par. Quando estamos em boa companhia, não importa o local não é mesmo?

Procure por passeios, atrações e restaurantes dentro de sua própria cidade e programe-se para curtir esse tempinho juntos.

  1. Com ajuda de parentes

Sabe aquele tio, primo ou amigo que tem aquela casa de praia/campo? Que tal pedir um favorzinho?

Eu acho de bom tom deixar a casa igual ou melhor do que a encontrou, então vale adicionar um serviço de faxineira para deixá-la limpinha quando o Babymoon acabar.

  1. Viagem local

Esse país tropical abençoado por Deus tem várias opções. Que tal uma cidade com atrativos turísticos relativamente perto de onde mora? A proximidade ajuda a flexibilizar mais as datas, o que ajuda a economizar nas diárias da pousada/hotel.

  1. Viagem internacional

Tem bala na agulha e dinheiro sobrando para esse momento especial? Parabéns! Mas não se esqueça que depois da viagem sua composição de gastos não somente irá mudar, como também aumentar.

Captura de Tela 2017-08-22 às 14.38.44

Se o babymoon não for em casa, aqui estão alguns toques adicionais para levar em consideração:

Saúde do bebê e conforto da futura mamãe em primeiro lugar.

Cada gravidez tem suas particularidades, então uma visita ao obstetra é imprescindível para verificar se pode viajar.  Lembrando que agora talvez não seja o momento mais adequado para destinos de aventura, que exijam longas caminhadas, mountain biking, escaladas…

Gravidez cansa! Sério! Quando fiz meu babymoon na praia, só conseguia andar uns 150 metros, com a graça de um pinguim e precisava parar para descansar e tomar água.  Aliás, hidratação é tudo! Leve uma garrafinha de água onde quer que for durante a viagem. Roupas soltinhas e sapatos confortáveis também são uma boa pedida para constar na mala da futura mamãe.

Captura de Tela 2017-08-22 às 14.39.23

Tente tirar alguns dias de férias em época de baixa temporada, dando preferência para dias de semana.

Os meses de baixa temporada costumam ser março, abril, maio, agosto, setembro, outubro e novembro. Porém tem um pulo do gato quando falamos de babymoon:  o de conciliar os períodos de baixa com o segundo trimestre gestacional.

Por que? Geralmente entre a 14a a 26a semana os enjoos acabam, mas o cansaço do terceiro trimestre ainda não bateu.  Então checa direitinho esse calendário e mãos à obra!

Se em vez de fins de semanas ou feriados você conseguir um tempinho de folga durante a semana, melhor! Dá para negociar uma diária bem mais em conta com hotéis e pousadas.  

Busque um destino com infraestrutura de pronto atendimento médico.

Sua última escapada não precisa ser em um lugar deserto totalmente desconectado do mundo. Lembre-se, existe um bebezinho nadando na barriguinha da mamãe, então é bom saber que existe socorro por perto. Vai que… (mas tomara que não!).  

Uma vez escolhido o destino, lembre-se daqueles pontos esquecidos no seu cartão de crédito ou programas de milhagem e os use! Aliás, a Nath, mãe do Juro Composto e criadora dessa pérola chamada Me Poupe!  está prestes a dar à luz a mais três criaturinhas lindas: Os Multiplus! Você vai saber tudo sobre como acumular e trocar pontos aqui neste site e no Canal mais rico do Brasil, fique de olho! 

Por último e não menos importante: tire muitas fotos!

Quando seu dragãozinho estiver grandinho, você poderá mostrar para ele sua última viagem antes dele vir ao mundo, ou matar as saudades quando tiver um dia particularmente cansativo, como foi o meu hoje!

Bon Voyage!

_DSC7892

Sou a Elle Braude, planejadora financeira certificada CFP ® , formada em Finanças pela New York University, pós graduada em Banking pela Fundação Dom Cabral. Sou mãe de trigêmeos com especialização em aproveitar mais o tempo com a minha tropinha gastando menos.

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *