Previdência Privada: Mitos e verdades

Que o INSS está indo de mal a pior todo mundo sabe. Eu explico porque a gente não pode confiar na Previdência Social (aquele sistema em que você que é CLT é obrigado a pagar parte do seu salário para a sua aposentadoria no futuro) nesse ARTIGO. Pode ler que vai te ajudar.

“Lá vem a profeta do apocalipse de novo”.

Olha, se é um apocalipse eu não sei, mas que vai parecer o fim do mundo quando você chegar na melhor idade apenas com a grana do INSS, AH VAI! Armagedom vai ser fichinha, vai por mim…

 

Bom, mas porque eu estou falando tudo isso se a pauta é Previdência Privada?

Porque o blog é meu, ora bolas! hahahahaahahahah

Brincadeira.

Eu fiz essa introdução porque muita gente ( trabalhadores com carteira assinada ou não) vê a Previdência Privada como a única forma de garantir um futuro um pouco mais tranquilo. Será que isso é mito? Será que é verdade?

A Nath tá aqui pra te ajudar, relaxa.

Indo ao assunto em 3, 2, 1…

PREVIDÊNCIA PRIVADA:
MITOS E VERDADES

Por Nathalia Arcuri

Siga no Insta: @Nathaliaarcuri_oficial Twitter: @Arcuri_N YouTube: Mepoupenaweb

tumblr_ljc35yIH3U1qf8qxqo1_500#1 Se eu tiver uma previdência Privada, posso envelhecer sossegado! MITO

Não é que seja mentira, mas é perigoso acreditar que qualquer plano de previdência com qualquer valor de aporte mensal vai te garantir um futuro tranquilo. Longe disso. Um futuro do tipo “burro na sombra” como eu costumo dizer, depende da valorização do seu dinheiro no tempo e do quanto ele será capaz de rentabilizar sozinho, o que na previdência privada é muito difícil por motivos que eu vou explicar nos próximos tópicos! Continua ai!

46drq5#2 A Previdência Privada é uma boa opção porque é o único plano em que o dinheiro é “sacado” da minha conta automaticamente todos os meses. MITO!

Como você pode ver neste artigo sobre aplicações mensais em Tesouro Direto, existe sim outra forma muito mais vantajosa de preparação para a aposentadoria pra quem não tem a disciplina de investir todos os meses.

#3 Em outras formas de investimento eu não consigo optar pelo recebimento mensal da minha aposentadoria, como na previdência privada. VERDADE

Sim, é verdade. Muitas pessoas acabam “apelando” à previdência privada oferecida pelos bancos por poder optar pelo recebimento mensal e vitalício de uma “mesada” baseada no quanto foi acumulado ao longo dos anos. É feito um acordo entre o banco e o cliente que estabelece, por exemplo, que a partir do 35º ano os depósitos serão convertidos em saques mensais com um valor estabelecido pelo banco. Em outras formas de investimento em Renda Fixa (ENTENDA O QUE É RENDA FIXA AQUI) você consegue investir mensalmente ou aportar um valor mínimo dependendo da forma de investimento, mas não tem a opção de receber mensalmente o patrimônio acumulado depois de um tempo. Isso nos leva ao item numero 4!

5690586_orig#4 Previdência Privada rende igual à renda Fixa. MITO

Primeiro: Renda Fixa não é um tipo de investimento isolado como a Poupança, que tem rentabilidade exata e definida. A renda Fixa é composta por uma série de produtos distintos, oferecidos por bancos e instituições variadas e pode ter rentabilidades extremamente diferentes de acordo com cada produto. Então, se alguém falar pra você que “tal previdência rende igual à Renda Fixa” é um sinal de que o dito cujo não sabe muito bem do que está falando. Aqui neste vídeo (muito bom e divertido por sinal, modéstia à parte) eu te conto melhor o que é renda Fixa e os tipos principais.

Segundo: Peça para avaliar a rentabilidade dos últimos 12 meses da Previdência que está sendo proposta e compare com um CDB oferecido por uma corretora de valores independente (SAIBA O QUE É UMA CORRETORA E PORQUE VOCÊ PRECISA DE UMA PRA CHAMAR DE SUA AQUI). Não subestime o poder dos juros sobre juros. Se na sua avaliação você perceber que existe outro investimento conservador rendendo 2% mais ao ano do que aquela previdência privada, caia fora. Em 30 anos isso pode representar a diferença entre viver em um apartamento com os filhos ou em uma casa espaçosa à beira mar. (Nada contra os seus filhos, hein?)

Olha o exemplo:

Erivelton analisou uma previdência privada e um CDB  e chegou à seguinte conclusão:

valor mensal rentabilidade Previdencia Rentabilidade CDB Tempo
R$300 6% ao ano 8% ao ano 30 anos

No caso do Erivelton, olha a diferença que esses 2% fazem:

Na Previdência, em 30 anos ele terá aproximadamente R$ 303 MIL.

NO CDB, em 30 anos ele terá aproximadamente R$443 mil

São quase R$150 mil a mais por “míseros” 2% ao ano.

Se o Erivelton decidir que vai ter mais dinheiro no futuro, obviamente terá que decidir também por ser o gestor dos próprios investimentos pra que no futuro consiga usufruir desta grana mês a mês como o banco faria por ele no caso da previdência. A grande diferença é que ele com certeza vai conseguir tirar mais dinheiro todo mês e terá uma vida mais confortável e independente.

Mas lembre-se, pra isso é preciso que o Erivelton faça uma espécie de “contrato” com ele mesmo. Aplicando religiosamente, estudando as melhores opções de investimentos e fazendo aquilo que precisa ser feito pra poder usufruir deste dinheiro adquirido ao longo de tanto tempo de trabalho.

(Você consegue Erivelton! Vai fundo!)

leao-imposto-de-renda-1395262859649_615x470#5 A Previdência Privada pode me dar benefícios na hora de declarar o Imposto de Renda. VERDADE

Sim, é verdade. Quem opta pelos Planos PGBLs de previdência pode usar o valor depositado pra deduzir até 12% do imposto de renda.

Os valores depositados no plano de previdência podem ser deduzidos da base de cálculo do IR em até 12% da renda bruta anual PRA QUEM FAZ A DECLARAÇÃO COMPLETA! Porém, no momento em que os saques começarem, a tributação do IR será feita sobre todo o valor retirado mensalmente e não apenas sobre a rentabilidade, como acontece nos planos VGBL. É preciso fazer simulações e avaliar friamente se esta é mesmo uma vantagem ou uma desvantagem já que depois de escolhido o tipo de previdência (PGBL ou VGBL) não dá pra voltar atrás, mas dá pra parar de contribuir.

Acho que já deu pra perceber que muito daquilo que você acreditava sobre Previdência Privada talvez não seja exatamente como você imaginava.

Desculpa se te joguei um balde de água fria. Mas acho que lá no futuro, quando você estiver usufruindo das boas escolhas que fez, vamos poder comemorar juntos numa festinha muito louca da terceira idade.

Eating_money_large#6 As taxas de administração e carregamento podem DEVORAR a rentabilidade. VERDADE

A maioria dos planos de previdência, além da famosa taxa de Administração, cobra uma taxa de carregamento. Explico: Cada vez que o seu dinheiro entra, o banco fica com uma parte. Essa Taxa varia de 0 a 2% (por aporte, isso mesmo :0). Se você aplicar R$100 todos os meses com uma taxa de carregamento de 2% perderá R$2,00 todos os meses. Isso faz uma diferença enorme no longo prazo. (Olha o exemplo que eu dei neste vídeo).

maxresdefault#7 Pelo menos eu posso tirar o dinheiro da Previdência Privada quando quiser! MITO

Pois é… Alguns contratos de Previdência privada impõem carências e até multas pra quem tira o dinheiro antes da hora. Por isso, assim como em qualquer outro tipo de contrato, esse também exige muita cautela. Leia tudo e o que não entender pergunte ao gerente. Se ainda assim não entender, busque informações no Sr Google, o pai de todos os ignorantes que buscam conhecimento. Aliás, achar que informação encontrada na Internet não merece credibilidade é outro mito que você precisa superar se quiser fazer o seu dinheiro render mais nos próximos anos.

(Ou tá pensando que eu tô aqui de bobeira?)

Qualquer dia eu conto porque resolvi dedicar minha vida à passar conhecimentos financeiro de graça através do Me Poupe! É que agora deu preguiça… Vou ali visitar meu gerente do banco (que me ama! SQN) e já volto!

Deixe seu comentário, suas dúvidas e COMPARTILHE este artigo! Ele pode ajudar muita gente!

Invista em conhecimento e seja feliz!

Você também pode gostar…

Antes tarde do que nunca! Aprenda a organizar sua vida financeira hoje!

Fundos de Investimentos: Saiba qual é o melhor e evite surpresas terríveis!

VÍDEO: Como investir no Tesouro Direto todo mês sem esforço!

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

12 comentários em “Previdência Privada: Mitos e verdades

  • 20 de junho de 2016 a 8:36 am
    Permalink

    Ótimo post! estou cada vez mais aprendendo por aqui! Só que alguns links que você citou no texto, como o da renda fixa, não estão ali. Por isso vou buscá-los agora no site!

    Responder
  • 21 de junho de 2016 a 4:00 pm
    Permalink

    Ola Nath! Fiz uma previdência para mim e para minha mãe, não pago taxa de carregamento, nem administração e sim 3por cento ao ano. Como faço para reduzir estes 3 por cento ao ano? plano vgbl. no meu caso minha mãe e irmã não trabalhão são doentes, pago inss para minha mãe também, fiz baseado na minha mãe que se aposenta daqui a 10 anos, como não tenho plano de saúde, e também pelo seguro de vida. ( nele o valor vai direto a pessoa que está no contrato). Fiz boa escolha?

    Responder
    • 23 de junho de 2016 a 10:54 am
      Permalink

      Ademir, esses 3 % (que eu não sei do que são!) estão te corroendo rentabilidade. É muita coisa. Negocie pra baixar ou transfira a previdência pra outro banco que não cobre essa taxa (sim, você pode fazer isso)!

      Responder
  • 23 de junho de 2016 a 12:51 pm
    Permalink

    Olá, Nath! Aaaah que festa!!

    Saiba que admiro muito teu trabalho. Tu ganhou uma fã! Eu venho estudando essa área de investimento desde o ano passado, pois estava presa aquela ilusão da poupança…parecia estar estagnada! Por fim comecei a pesquisar por investimentos e me deparei com tesouro direto e pensei: “Vou arriscar no tesouro ipca 2019 pra começar”, só que que fiz pelo corretora do meu banco Itau, inclusive tinha a mesma opção da poupança de programar. Depois que vi que dava pra ter aquele lance da digiconta e transferir sem custo para uma corretora que não come tanto. Mas, enfim…o que eu to querendo te falar é que eu to programando agora os próximos investimentos pensando nas suas dicas, planejei por 600 mensais no tesouro+ipca2024 para comprar uma casa a vista e investir mais 200 mensais no tesouroipca+2035 com juros semestrais pra minha aposentadoria. Cê acha que estou no caminho certo?

    Beijos!

    Responder
    • 24 de junho de 2016 a 9:24 am
      Permalink

      Se todos fossem iguais a você, JU… Ah que maravilha viver! Tá no caminho da riqueza, amiga!

      Responder
  • 27 de junho de 2016 a 6:36 pm
    Permalink

    Natha, gostaria de começar elogiando seu blog estou adorando, e os videos no seu canal também, parabéns pelo trabalho. Agora vamos a minha dúvida, como autonoma, vale a pena eu pagar o valor mínimo para o inss de R$80,00 para aposentar, ou pegar esse valor e investir em renda fixa?
    Obrigada

    Responder
  • 29 de junho de 2016 a 11:11 am
    Permalink

    Olá Nath! Adoro seu blog!! Já consegui evoluir financeiramente com a sua ajuda! :)
    Possuo uma previdência privada desde 2009 e percebi que posso melhorar meus rendimentos com ela. O meu banco cobra altas taxas administrativa e de carregamento. Gostaria de fazer a portabilidade para um banco com taxas menores. Você saberia dizer se existe taxa de carregamento 0%? Qual banco possui essa taxa??? Meu gerente diz que não existe! Estaria ele mentindo!? 😮

    Responder
    • 29 de junho de 2016 a 11:13 am
      Permalink

      Sim, ele estaria mentindo. Provavelmente o seu próprio banco tem taxa 0, mas para previdências de caixa mais elevado.

      Responder
  • 3 de julho de 2016 a 9:54 am
    Permalink

    Nath do céu!!! Depois de ler vários posts aqui do seu blog só consigo pensar: “Meu dinheiro podia estar rendendo muito!! O que que eu tô fazendo com a minha vida?!” Hahaha Amei demais conhecer você e suas dicas. Muito obrigada por ajudar essas pessoas ainda não iluminadas financeiramente, como eu :)

    Beijoss

    Responder
  • 26 de setembro de 2016 a 8:58 pm
    Permalink

    Olá Natália,
    Conheci seu site e canal agora e está sendo muito esclarecedor em relação a como investir meu dinheiro!
    Estou num impasse, ano passado comecei a pagar por um “seguro de vida resgatável”, infelizmente vi que caí numa armadilha, pois estou pagando 200 reais todo mês que poderiam ser investidos de forma mais inteligente. Porém, se cancelar agora perco todo o dinheiro “investido” nesse ano…. Mas acho que se continuar pagando, perderei mais ainda ao longo do tempo. O que você me aconselha?
    Beijus!

    Responder
    • 7 de outubro de 2016 a 11:59 am
      Permalink

      Marcelo, seguro de vida é seguro de vida. São coisas diferentes. Dependendo da sua atividade profissional é aconselhável que vc tenha um seguro que te garanta uma segurança caso você sofra um acidente, por exemplo. Se você já está seguro em relação a isso, não mesmo porque fazer.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *