COMO TRANSFIRO MEUS PONTOS DO CARTÃO DE CRÉDITO

Eu sempre digo que juntar dinheiro é essencial, é demais, é divo, é mara, é lacre, é close certíssimo, não é mesmo?

beyonce

Por Nathalia Arcuri

Mas sempre digo também que para ser a Beyonce das finanças é preciso saber para que exatamente você quer juntar dinheiro.

Com PONTOS a lógica é a mesma. Juntar PONTOS, ver que eles estão bonitões lá na fatura do seu cartão todo mês, mas não saber pelo que trocar e acabar deixando que eles expirem… não lacra nada!

Todos os anos, brasileiros desperdiçam bilhões (sim BILHÕES) de pontos do cartão de crédito, ou porque nem sabiam que eles existiam, ou porque achavam que era muito pouco e não dava para trocar por nada legal ou porque vacilaram mesmo.

Você a partir de hoje não faz mais parte desta triste estatística, ok?

Para se ter uma ideia, na Multiplus a partir de 3.500 PONTOS você pega uma passagem aérea para diversos destinos no Brasil.

Você pode usar o Programa de Fidelidade do seu cartão de crédito diretamente? Pode. Mas, por experiência própria, é provável que você se veja diante de uma das seguintes situações:

1- Precisa de mais pontos para trocar pelo que você quer. E aí desiste e deixa os pontos morrerem. Que dó…

2 – A oferta de produtos é limitada e você acaba se vendo obrigada a trocar seus PONTOS por uma panela elétrica de arroz. (A terceira que está encostada em casa, já não bastasse as que você ganhou da sua mãe e da sua tia.)

Então, minha sugestão é: transfira seus pontos para um programa de fidelidade parrudo, como a Multiplus.

Aí quando decidir transferir, escolha o momento certo para fazer isso. (te conto tudo sobre isso mais abaixo!)

Então, vamos começar do começo para você aprender a TRANSFERIR seus PONTOS e fazer com que eles bombem!

 


 

PASSO 1)

SABER QUANTOS PONTOS VOCÊ ACUMULA E NEGOCIAR PARA ACUMULAR MAIS 

Se você tem um cartão de crédito, veja se ele te oferece pontos. E quantos pontos você acumula por dólar gasto. Para checar isso, você faz o cadastro no site que deve estar indicado na sua fatura ou liga para o SAC do seu cartão (não o SAC do banco), o número geralmente fica no verso do cartão.

Tem uma coisa que ninguém te conta. Mas a Nath está aqui para isso! Dependendo de quanto você gasta por mês, você tem direito a um cartão de crédito que pode acumular até 2,5 pontos por dólar gasto.

A maioria oferece somente 1 ponto por dólar gasto.

Como você consegue este cartão?

Usando uma técnica infalível chamada “Xavecando o Sidinelson”.

amandajackemily--sexo-a-tres-e-muito-mais-gostoso-7264917-071220161600

Sabe aquela gerente que você ama de paixão? Pois bem. Ela será a sua chave para o portal mágico do cartão com pontos elevados!

“Alô, Sidnelsa. Vi uma rosa no jardim hoje e lembrei de você. Consegue para mim aquele cartãozinho que dá mais PONTOS por dólar, vi aqui que o meu está dando muito pouco”

Ele vai responder: “Claaaaaaaaro, agora! Vou te passar o valor da anuidade e os benefícios”

E você, bem treinado pela Nath, vai replicar:

“Ah, Sid, me ajuda aí, vamos negociar a anuidade, eu já fui tão legal com você daquela vez que fiz um título de capitalização antes de conhecer o Me Poupe (tá, omite essa parte e continua) para te ajudar a bater sua meta. Quebra essa, vai!”

Costuma funcionar, viu! Foi assim que consegui um cartão que me paga 2 PONTOS por dólar gasto.

 

PASSO 2)

CHECAR O LIMITE MÍNIMO PARA TRANSFERIR SEUS PONTOS

Na hora de decidir pelo cartão de crédito para acumular PONTOS, também preste atenção em qual é o limite mínimo para transferir seus pontos para Programas de Fidelidade.

Algumas bandeiras exigem que você tenha um limite mínimo de 20 mil pontos acumulados para só aí poder transferir. Confirme isso também no site e no SAC do seu cartão.

Com esta informação, você planeja melhor quando fazer a transferência de PONTOS.

A Multiplus vira e mexe faz promoções do tipo “Transfira seus PONTOS hoje e ganhe 30% a mais de pontuação” ou “só hoje 50% de bônus”. Sabendo quanto pode transferir você não passa raiva por ter perdido uma baita oportunidade.

 

PASSO 3)

FAZER CADASTRO NA MULTIPLUS ANTES DE TRANSFERIR SEUS PONTOS

Antes de transferir seus PONTOS para a Multiplus, você precisa fazer um cadastro no site neste link aqui: https://multipl.us/2fy7ith

Você preenche todos os seus dados e aí passa a ter um número Multiplus e uma senha. A partir daí pode transferir seus PONTOS e começar a usá-los.

 

PASSO 4)

ESCOLHER O MOMENTO CERTO PARA TRANSFERIR

Quem me acompanha aqui no Me Poupe sabe que eu voltei a acumular PONTOS no cartão de crédito desde que o dólar baixou da casa dos 4 reais e também quando descobri alguns pulos do gato para meus PONTOS me deixarem mais rica.

Um deles é saber quando é um bom momento para transferir os PONTOS do meu cartão para a Multiplus. São eles:

BOM MOMENTO PARA TRANSFERIR
1 – Data que o Programa de te dá upgrade nos PONTOS
 

Fique atento a várias promoções em que você recebe bônus se transferir seus PONTOS em determinada data. A Multiplus sempre divulga este tipo de campanha. Na Black Friday sempre tem promoção, no último Dia das Mulheres, a Multiplus deu 50% de bônus para quem transferisse naquela semana.

No mês do seu aniversário também é um ótimo momento para transferir.

Se você transfere os pontos do cartão de crédito para a Multiplus durante o mês que apaga velinhas, você ganha 30% de bônus.

Se você transferir 10 mil pontos, por exemplo, e seu cartão de crédito não tiver deflator, seu saldo imediatamente será de 13 mil pontos.

Já dá pra dar uma incrementada na festinha, né? (Se for ter bolo, chama a Nath!)

cute_little_girl_eating_cake_0

 

BOM MOMENTO PARA TRANSFERIR
2 – Pontos prestes a expirar

Como eu já disse, muita gente perde uma bolada em pontuação porque deixa os pontos expirarem. Os Programas de Fidelidade tem um prazo máximo para que você use os PONTOS que acumulou e isso varia muito.

Os PONTOS podem não expirar todos na mesma data. Por exemplo, você pode ter 5 mil PONTOS que expiram daqui a 1 ano, outros 5 mil que expiram daqui a 6 meses e outros 5 mil que expiram daqui a 1 semana! Então, fique atento!

Quando você transfere seus PONTOS para Multiplus, a partir da data de transferência, você tem um prazo de mais dois anos para fazer o que quiser com eles.

Então, se tiver PONTOS prestes a expirar no cartão de crédito, jogue o colete salva vidas e os salve já! Transfira os PONTOS e não deixe que eles morram precocemente, pelo amor do meu filho Juro Composto!

BOM MOMENTO PARA TRANSFERIR
3 – Com antecedência para uma viagem

Essa dica vale para qualquer coisa que envolva uma viagem e que eu comprovo na prática toda vez que vou viajar: quanto antes você se planejar, aumentam suas chances de economizar. E muito!

Quanto antes você procura a passagem aérea que você quer, mais chance tem de encontrar promoções que vão te custar menos PONTOS. Então, se já sabe seu destino, com pelo menos 3 meses de antecedência comece a procurar a passagem que deseja resgatar.

Muita gente reclama de não encontrar passagens aéreas para trocar por PONTOS, mas é porque decide fazer isso muito próximo a data da viagem.

Outra coisa é que os PONTOS transferidos podem não cair imediatamente. Isso depende de cada operadora de cartão de crédito. Por isso, não deixe para transferir seus PONTOS em cima da hora para resgatar passagens ou você pode não conseguir. Quanto antes você fizer isso, melhor!

Quer saber mais sobre como usar seus PONTOS para que eles te ajudem a ter uma vida mais rica? Então, não perca os próximos posts e vídeos aqui do Me Poupe.

Ah, que festa da pontuação!

Quer saber mais sobre o maravilhoso universo dos PONTOS? Fique de olho nos próximos posts e vídeos aqui do Me Poupe que eu vou te contar tudo! Ah, que festa da pontuação!

 

multiplus

Este artigo foi produzido com o apoio da Multiplus, rede de fidelidade que, assim como o Me Poupe!, acredita no valor da educação financeira. Se você quer que seus pontos valham mais, mas não sabe como nem onde fazer isso, acesse www.pontosmultiplus.com.br e comece agora a cuidar melhor dos seus pontos.

 

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *