Aprenda a pechinchar em 5 passos!

Tem gente que tem medo, tem gente que tem vergonha e ainda tem gente que prefere nem tocar no assunto. Seja lá qual for a sua opinião a respeito da pechincha uma coisa é certa: Com esta prática milenar é possível economizar muito dinheiro pra depois realizar grandes sonhos! Foi chorando que eu consegui tudo o que eu conquistei e agora você vai aprender a fazer o mesmo! Clica ai pra não chorar depois…

Eu pechincho!

Por Nathalia Arcuri

Aeeeeee!

Você continua aqui, que ótimo sinal!

Saiba que se você se interessa pela arte da pechincha este já é o primeiro passo pra ser um expert no assunto.

Como disse lá na abertura do post, foi graças à pechincha que eu consegui comprar muitos dos meus sonhos de consumo, como meu primeiro apartamento, por exemplo. Chorei, chorei e consegui 15% de desconto. Resultado: R$40 MIL de abatimento!

E este é apenas um dos exemplos.

Não consigo ir à feira e não pedir desconto pela bacia de laranja, sou incapaz de ir a uma loja e não perguntar se no dinheiro é mais barato, peço desconto no brechó, no mecânico, no cabeleireiro, nos cursos que eu faço… A lista é infinita.

Lembro-me de uma das pechinchas mais extensas da minha vida em um famoso Outlet em Miami. O dono da loja de relógios, um árabe gente fina, se esforçou naquele dia. Foram duas horas chorando, negociando e no fim consegui levar dois relógios pelo preço de um. Um pra mim e outro para o meu pai por US$119,00. GLÓRIA!

Estas histórias são só uma amostra do que você é capaz de fazer na base do choro.

 Ai vão as dicas que podem ser aplicadas a qualquer instante, em qualquer lugar, pra todo tipo de compra, do pastel à casa própria. Chora que é bom!

DICA DE PECHINCHA #1 – Pesquise antes de comprar

Quanto mais você souber sobre o produto que quer e sobre os concorrentes, mais segura vai se sentir na hora de pedir um desconto. Isso vale para roupas, serviços, legumes na feira, carros e até imóveis. Com a internet na palma da mão dá pra fazer a pesquisa alguns minutinhos antes de entrar em uma negociação e só isso já vai te ajudar bastante!

DICA DE PECHINCHA #2 – Arrume-se e beije-se!

“A Nath pirou de vez”, você deve estar pensando. Mas segura a camisa de força ai! Não precisa ser gênio pra chegar à conclusão de que uma pessoa com a auto-estima elevada terá menos tendência a se deixar influenciar pelo apelo emocional do produto ou pelo vendedor persuasivo. Prova disso é uma pesquisa feita pela SPC Brasil (aquele pra onde vão os nomes sujos na praça) que mostra que 85% dos brasileiros compram por impulso e sabe porquê? Segundo a maioria dos entrevistados a compra descontrolada foi motivada pela insatisfação com a aparência. Logo, se você tem um objeto de desejo e quer comprar apenas este objeto e de preferência com desconto, vista-se para matar, arrume-se, beije-se, diga “te amo”olhando no espelho e metade do caminho já estará andado!

DICA DE PECHINCHA #3 –  Não demonstre interesse!

Olha que sensação mágica de poder. Neste exato momento existem centenas de pesquisadores ao redor do planeta inventando maneiras de te convencer a comprar por impulso e não há motivo algum pra você não traçar a própria estratégia pra fugir dos apelos do marketing ou da lábia do vendedor.

Imagine que você entra na loja eufórica pra comprar um smartphone X. Mal se apresenta ao vendedor já sai dizendo que está querendo o tal telefone há quatro meses, que guardou dinheiro ou que  finalmente vai poder parcelar, etc. Neste exato momento se acende uma luz no cérebro do vendedor com o seguinte aviso : TÁ NO PAPO! E depois que essa luz se acende, pode esquecer o desconto. Ele sabe que você quer, não importa o preço.

O momento “TÁ NO PAPO” pode ser evitado com uma técnica simples: A TÉCNICA DA CARA DE PAISAGEM. Se quiser pode treinar antes com a amiga. É divertido. No momento em que sua cara de paisagem estiver realmente convincente ai sim você pode ir até a loja, olhar como quem não quer nada, perguntar sobre mais de um aparelho, como se estivesse indecisa e aí sim partir para o ataque da pechincha!

DICA DE PECHINCHA #4 – Pratique as frases de efeito.

Bons “pechinchadores” tem um vasto repertório. Eis algumas frases testadas e aprovadas na busca por descontos:

  – Na outra loja é mais barato.

 – Na internet é mais barato

 – O que você pode fazer pra baixar esse preço?

 – Até quanto você pode chegar?  – geralmente essa pergunta vem seguida de um argumento           como: “só meu chefe pode dar o desconto maior”.

 – E cadê seu gerente/chefe?

 – Eu só tenho X…

 – A vista tem desconto? (clássica)

DICA DE PECHINCHA #5 – Quem não chora não mama.

Já dizia o glorioso Chacrinha… Não dá pra querer pagar mais barato se você nem ao menos tentar pedir um desconto. Se der vergonha, lembre-se que antes de você centenas de pessoas já fizeram isso e se deram muito bem. O “não” também pode acontecer mas você só receberá o “sim” se chorar com vontade. 

Se você gostou deste post e acha que pode ajudar alguém, compartilhe!

Chore e seja feliz!

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR…

NATH, ME AJUDA #3 – Cartão de crédito, Financiamento e muito mais

ALUGAR OU COMPRAR UM IMÓVEL?

 

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *