Você se boicota? 3 atitudes que podem arruinar seus sonhos de consumo.

se você tirou alguns minutos do seu precioso tempo pra ler este post é porque tem algo em mente e provavelmente não está conseguindo realizar. Acertei?

(Espero que não! gosto mesmo é quando o povo aparece aqui dizendo que está realizando todos os sonhos de consumo graças aos ensinamentos da Sara! hahahaha)

sabotarBom, voltando…

Se está difícil de realizar AQUELE sonho de consumo, leia este post até o final. Pode ser que depois dessa experiência as coisas comecem a mudar para o seu lado!

 

A questão é: Este objetivo de vida ainda não foi realizado porque depende da ação de outras pessoas e fatores da vida sobre os quais nós não temos controle (tipo ganhar na mega-sena) ou depende apenas do seu empenho, disciplina e força de vontade?

“Xi, lá vem ela com aquele papo de guardar dinheiro de novo” , você pode pensar. E adivinha: O buraco hoje é muito mais embaixo.

Pronta?

Então vamos às

3 Atitudes que podem arruinar os seus sonhos! IIIIIIhááááá!

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #1  Tampar os olhos para a realidade.

Já dizia minha avó: o pior cego é aquele que não quer ver. Não quer ver a conta olhos-vendados-300bancária, não quer ver o tempo que perde em redes sociais enquanto poderia estar produzindo, amando, correndo, ganhando, lendo e outros gerúndios… Não quer ver o próprio talento, não quer ver as próprias prioridades, não quer ver os amigos sabotadores… Enfim, a cegueira imaginária é a atitude que te impede de ver a vida com outros olhos: os olhos da realidade.

Olhos tampados e o dinheiro:  Os amigos podem falar, a família pode mostrar que a situação está realmente preocupante, que não será possível quitar as contas do mês, que a fatura do cartão de crédito vai entrar no rotativo, mas a cegueira não permite que a vítima desse mal consiga enxergar a realidade. Ela continua comprando o que não precisa, convence a sí mesma de que precisa e dane-se o que o resto do mundo pensa. O problema é quando a cegueira passa momentaneamente e a sabotadora percebe que quando abre os olhos não tem absolutamente nada do que realmente gostaria de ter.

Como reverter? Abra os olhos, ora bolas! Tire o extrato, faça uma visita ao gerente do banco, avalie a situação, relembre os sonhos de consumo (sonhos grandes) que você tinha quando era mais nova e pense em tudo o que você deixou de fazer por ele.

Eu disse que o buraco era fundo…

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #2  Achar que a culpa nunca é sua!

Não deu pra viajarmulher-apontando-o-dedo este ano? Culpa da Dilma. Não deu pra comprar um carro, culpa da inflação. Não deu pra ficar com o corpo em forma, culpa da Paola Oliveira que deixou o derrière à mostra, aumentou o ibope e reduziu a auto-estima. (essa última foi pra mim). Falando sério agora… Quem busca sempre um culpado para as próprias frustrações perde incríveis oportunidades de aprender com os próprios erros e criar novas maneiras de conquistar grandes objetivos. Se você é daquelas que está sempre procurando um responsável para os seus fracassos, desculpe, você está se sabotando.

A culpa nunca é sua e o dinheiro: Quanto mais fugimos da responsabilidade, mais distantes ficam os planos que elaboramos para a nossa vida. Se você quer ter dinheiro, seja responsável pelo seu. Se quer que ele se multiplique, pare de gastar a toa e se quer que ele te ajude, pare de mal-tratá-lo.

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #3  Querer dar o passo maior do que a perna.

man-candy-mondays-new-kids-on-the-block-vertQuem curtiu as músicas da década de 80 e 90, como eu, vai se lembrar do “Step by Step…. Uh baby!” do New kids on the block. Se você soubesse a lição de vida que existia naquela música talvez tivesse até dançado um pouco mais. Só no ombrinho…

Olha como os caras eram filósofos…

“step by step” = passo a passo = uma coisa de cada vez !

 

Depois deste momento nostalgia (se você nasceu depois de 1990 e não entendeu, dá um google em New Kids On The Block, eles eram o nosso One Direction), repare nas fotos abaixo… Os exemplos foram exagerados pra ficar claro como funciona a mente de uma sabotadora, ou sabotador.

                                     O SONHO                                                                       A POSSIBILIDADE ATUAL         

apartamento+2+quartos+decorado+e+mobiliado+61+8566+7999+brasilia+df+brasil__B06A7C_412jan2015---rihanna-comprou-uma-nova-mansao-em-barbados-uma-pequena-ilha-do-caribe-onde-nasceu-1421060777046_956x500

 

 

                                                         A REALIDADE…

   images

Pessoas que tentam pular etapas e chegar logo aonde sonham costumam ser as primeiras a ficar pelo caminho. Talvez você conheça alguém assim. É aquela pessoa que está desempregada há seis meses, recebe uma oferta de emprego bacana, mas como não é na empresa que ela sonhou, recusa a proposta. O que ela é? Sabotadora. Se aceitasse a proposta, teria o salário todo mês para se preparar melhor, ganhar novas habilidades e experiências e assim, ficar mais perto do objetivo final, que é trabalhar na melhor empresa.

Outro exemplo?

A pessoa sonha alto,  quer porque quer um apartamento no bairro mais chique da cidade e ponto. Ai parece um negócio da China em um bairro bom, mas popular, com possibilidade de valorização no medio prazo. A pessoa tem o dinheiro na mão pra comprar o AP pequeno, mas que cabe no orçamento e o que ela faz? Recusa a oportunidade porque afinal ela quer o grande e caro.

“O passo maior que a perna” e o dinheiro: A grande cilada dessa atitude sabotadora é que ela pode nos cegar também. O sonho parece tão distante que guardar dinheiro pra ele soa como um desperdício de tempo… e de dinheiro. Mas só parece.  No fundo, o passo mais curtinho e bem planejado é mais difícil de dar justamente porque é possível. Quando colocamos na nossa cabeça que “tal coisa é impossível” nos eximimos de qualquer culpa e aí fica mais fácil continuar a sabotagem diária.

Mas pense bem:

Quem está sendo sabotada nessa história? Vale a pena continuar tomando as mesmas atitudes? O que você pode fazer hoje pra mudar e começar a agir como uma merecedora e não sabotadora?

Essas respostas você terá que encontrar sozinha, mas tô aqui pra ajudar!

Ah, não esqueça de compartilhar este post com as pessoas que andam se sabotando sem perceber!

Recado da Nath:

Este artigo foi produzido com o apoio da Rico.com.vc, nossa parceira na missão de disseminar a educação financeira Brasil afora. Se você quer investir, mas não sabe como nem onde fazer isso, acesse rico.com.vc e comece agora a cuidar melhor do seu dinheiro.

Recado da Nath 2: 

Fiz este post a pedido de uma grande amiga. Pesquisei e pensei muito nas atitudes sabotadoras antes de listá-las aqui e quero de coração que você se avalie dentro de cada uma delas.  Se perceber que uma dessas carapuças lhe caiu bem, está na hora de reavaliar suas prioridades e passar a dedicar mais tempo e energia à pessoa mais importante do planeta: VOCÊ. 

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

2 comentários em “Você se boicota? 3 atitudes que podem arruinar seus sonhos de consumo.

  • 22 de julho de 2015 a 9:30 am
    Permalink

    Oi Nath, adoro seus posts. Há mais ou menos um ano, comecei realmente a me interessar pela educação financeira. Antes, visitava sites para tentar me educar, felizmente hoje visito para reforçar, pois consegui me livrar do que me incomodava muito, que era não conseguir guardar dinheiro. Hoje, com minha planilha, estou conseguindo poupar, graças as suas dicas. Ao lado do meu trabalho tem um shopping, mas não entro lá há muito tempo. Lá estão muitas “kriptonitas”. Parabéns pelos posts e pelos videos, você é muito divertida, e assim tenho certeza que é mais motivante. Beijos.

    Responder
    • 26 de julho de 2015 a 4:37 pm
      Permalink

      Que ótimo Vi! Parabéns pelo auto-controle! Ao lado do Shopping fica tudo mais difícil! To aqui para o que precisar. Quando quiser manda umas sugestões de videos e posts! Beijão

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *