TRIGÊMEOS: Como preparei meu bolso pra eles?

TRÊS! TÁ BOM PRA VOCÊ?

Se você levou um choque ao descobrir que seria pai ou mãe recentemente ou se ainda está em choque mesmo passados alguns anos após a descoberta e já com seu pimpolho crescido, a partir de hoje você poderá seguir de perto os passos de uma mãe de trigêmeos na dura missão de transformar a grana que era para 1 bebê em verba suficiente pra alimentar, aconchegar e educar TRÊS crianças ao mesmo tempo._DSC7855

A Elle Braude formou-se comigo em Planejamento Financeiro pessoal no Insper em 2014. Além de autêntica, bem humorada, fã de Game os Thrones e exímia planejadora do orçamento doméstico, acabo de descobrir nessa Super mãe de trigêmeos um talento espantoso para a narrativa. É com muito prazer que a partir de hoje passaremos a dividir neste Blog as aventuras e dicas INFALÍVEIS da Elle.

Pra começar, apenas um aperitivo delicioso do que vem por ai.

Elle, seja bem-vinda.

Beijos na tropinha e no maridão guerreiro,

Tia Nath.

Trigêmeos: como preparei
meu bolso para eles.

Por Elle Braude

_DSC7886

“Parabéns Eleonora! Seu exame beta deu positivo! ”

Esperei muitos anos para finalmente ouvir essa frase, informando que eu estava grávida. Em um microssegundo meu cérebro começou a imaginar minha futura vida com um pequeno baby, até que a enfermeira complementou:

“ Nossa, como seu resultado está alto. Parece que você tem mais de um bebê aí nessa barriguinha! “

Oi? Como assim?

Posteriormente o ultrassom confirmou:
Não era um, nem dois, mas sim três bebezinhos a caminho!
Assim começa a minha jornada tripla à maternidade.

Sou Eleonora, mãe de trigêmeos, econômica por natureza e planejadora financeira por vocação. Estou aqui para dividir algumas dicas essenciais para poupar grana nessa fase tão apaixonadamente louca que é a maternidade de múltiplos. As dicas também valem para papais e mamães de um filhote só.

Os primeiros dias após a descoberta de estar gestando uma tropinha foram no mínimo lacônicos, praticamente reduzindo meu vocabulário a uma palavra:

Três!

Três?

Três…

Caracas, nosso mundinho virou de cabeça para baixo! Pois o desejo de ser mãe era muito, mas a surpresa é que foram de muitos!

Passado o estágio onde reaprendi a contar até três, chegou a “crise de provedor”, essa com outra palavra chave dominante:

Como?

Como vou cuidar dos três?
Como vou vestir todos?
Como vou limpar tanta caca?
E não menos importante:

Como bancarei tudo isso?

Pensei até o tico não falar mais com o teco dentro do meu cérebro e para resumir, cheguei na seguinte conclusão:

“Um é pouco, dois é bom, três é divino. Vamos por mais água no feijão e nos preparar para o que vem por aí! “

Porém, só água no feijão não resolve, e várias estratégias precisam ser postas em prática para preparar o bolso para a chegada dos rebentos. Senão são os bolsos que se arrebentam.

_DSC7885

Como futuros pais, nós entramos no nicho de ouro de todos os vendedores de produtos possíveis e imagináveis para o conforto e bem-estar de nossos bebês. Papais e mamães ansiosos para prover tudo o que há de melhor (e mais caro) são alvos fáceis e indefesos para esses predadores que rondam o seu bolso. Afinal de contas, todos querem o bebê, mais lindo, bem vestido, fofo, inteligente, _______ (preencha aqui com o seu adjetivo favorito) do mundo.

Qual a dica de como preparei meu bolso para defender o meu suado dinheirinho nessa fase tão deliciosa e recheada de novas descobertas?

Ela está em como eu NÃO me preparei para a maternidade. Vou me explicar melhor.

Fiz uma análise de tudo que precisaria para as necessidades e conforto dos pequerruchos, começando pelos itens mais caros e repassando até os mais simples e divido aqui algumas das opções que fizemos.

– Eu optei por não me mudar para uma casa maior. Moramos em um sobrado de 2 quartos, que apesar de espaçoso, não foi planejado para trigêmeos. A ideia é ficarmos aqui até os pituquinhos terem uns 2 ou 3 anos de idade.

– Eu não fiz planejado para os bebês, nem contratei decorador para o quarto das crianças. Com um bom marceneiro para algumas arrumações aqui e acolá e berços portáteis, consegui montar um quartinho super funcional e gostoso para as crianças.

2016-09-27-PHOTO-00000056

– Eu não comprei um carro caro. Em casa tínhamos somente um veículo e com a vinda de tantos bebezinhos, realmente não tinha como fugir desse gasto, mas conseguimos optar por um carro com bom custo benefício.

Entenderam a ideia? Para que a jornada da maternidade/paternidade não vire um abismo de novas dívidas, o negócio é refletir, exercitar a simplicidade e demorar para fazer os upgrades em sua vida. Afinal de contas, é muito fácil se acostumar com o conforto, com o melhor, com o maior. O duro é quando isso não tem como ser sustentado e vira uma fonte de preocupações para os futuros papais e mamães. O quanto realmente é necessário comprar, ter e adquirir agora para criar um futuro herdeiro(s)?

Eu entendo que a tropinha precisa ser bem-amada, bem alimentada, agasalhada e limpinha, mas sem excessos e sem grilos. Quando a gente simplifica tem mais tempo para ser feliz, estar presente, e não ficar focando só no ter. Três sorrisos sapecas atestam isso aqui em casa.

C’est tout! Até a próxima.

_DSC7892Sou a Elle Braude, planejadora financeira pessoal CFP   , formada em  Finanças pela New York University, pós graduada em Banking pela Fundação Dom Cabral.  Sou mãe de trigêmeos com especialização em aproveitar mais o tempo com a minha tropinha gastando menos.

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

2 comentários em “TRIGÊMEOS: Como preparei meu bolso pra eles?

  • 28 de setembro de 2016 a 5:15 pm
    Permalink

    Parabéns Mana!!!
    Quando um sonho é realizado já é maravilhoso, imagina triplicado 💙❤️❤️.
    Isto é uma grande benção, um presente de Deus por merecimento. E como dizem, onde cabe 1 cabe 3, principalmente em um coração de Mãe. Fui felizarda de estar com você no primeiro ultrassom, a emoção daquele dia, nunca esqueceremos ❤️❤️❤️
    Feliz por ganhar 3 sobrinhos e afilhado 💙
    Amo vocês todos ❤️🙏🏻❤️
    Bjsss

    Responder
  • 29 de setembro de 2016 a 3:41 pm
    Permalink

    Amei o post, realmente quando focamos só em ter, não curtimos a simplicidade do momento. Um bom post para futuros papais e mamães.

    Beijos,
    Tatiane Ramos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *