“Alunos não pedem desconto”. Conheça os bastidores do curso de finanças mais concorrido do Brasil

23 de agosto | 2018

Com mais de 8 milhões de pessoas impactadas pelo seu conteúdo todos os meses, Nathalia Arcuri segue focada na missão de desfuder a nação! Agora, ela dá um novo passo e cria o maior curso de finanças pessoais, mindset e investimentos do País! Você confere todos os detalhes aqui!!

Por Rebeca Sturki

 

Ela gosta mesmo de números impressionantes. Com quase 2,2 milhões de inscritos no canal Me Poupe!, 45 mil livros vendidos em três meses e mais de 8 milhões de pessoas impactadas pelo seu conteúdo, agora, Nathalia Arcuri pode encher um estádio de futebol com os candidatos da “Jornada da Desfudência”, o curso mais completo sobre Finanças Pessoais, Mindset e Investimentos do País.

Nesta semana, os candidatos da turma de 2018 da Jornada realizarão a prova que dará acesso ao curso, que começa em setembro e vai até novembro. Nathalia conta por que decidiu fazer um processo seletivo, como funcionará a bolsa de estudos, se as vagas são limitadas, valores, conteúdos abordados e, sobre o mais importante, o DESCONTO!


Me Poupe!: Por que você decidiu desenvolver um curso?

Nathalia Arcuri: Eu decidi desenvolver um curso porque depois de três anos de Me Poupe! as pessoas começaram a pedir conteúdos mais profundos. Outra coisa também que eu não imaginava, apesar do Me Poupe! já ter muitos vídeos e textos, é que as pessoas se sentem carentes de uma curadoria, ou seja, elas têm muita dificuldade em entrar nessas plataformas, onde o conteúdo já é bem completo, e ordenar esse conteúdo de forma simples, mesmo com as playlists. As pessoas precisavam e precisam de um curso para darem o próximo passo.

No início fui muito relutante em criar esse curso. Foram dois anos de pedidos até eu perceber a real necessidade, principalmente para pessoas que possuem dinheiro para investir e não fazem isso por medo. Então o curso é uma forma de levar informações importantes, com curadoria para tirar esses medos das pessoas.

 

MP: Por que aplicar uma prova de seleção?

NA: A prova existe porque já temos o Me Poupe! que é de graça, né? A prova é justamente pra poder fazer uma seleção das pessoas que já aprenderam e precisam dar o próximo passo e das pessoas que não sabem absolutamente nada. Seria injusto colocar na mesma turma as pessoas que não entendem o conteúdo com aquelas que já adquiriram conhecimentos através do canal e do livro. Além disso, existirá uma comunidade para os alunos interagirem entre si, então é importante que todos estejam com a mesma base de conhecimento.

 

MP: De onde surgiu o nome Jornada da Desfudência?

NA: Jornada da Desfudência (risos)? Bom, o curso todo é uma jornada, né? Então as pessoas vão começar do marco zero, como qualquer jornada, e a ideia é que no final elas tenham o próprio planejamento financeiro pessoal pronto. Assim, elas mesmas irão criar o plano de vida financeiro, tendo como base os conteúdos aprendidos ao longo do curso.

A ideia é oferecer a elas autonomia financeira. Então pensamos em Jornada da Desfudência, porque estamos quase todos fod*$%, né? Os seguidores também gostam muito desse jargão. Então aproveitamos para fugir dos nomes comuns como “Mindset da Riqueza”, “Não sei o que do milhão”.

Não existe curso milagroso, cada um é responsável por fazer acontecer. Eu estou aqui como professora e também como guia da Jornada. Agora se a pessoa vai ser desfudida mesmo, depende dela.

 

MP: Qual a sensação de ter 45 mil pessoas inscritas para a prova?

NA: É um choque. Primeiro porque muitas pessoas disseram que não era pra fazer a prova, que isso seria ruim, que afastaria as pessoas, que deixaria as pessoas com medo. Mas eu queria muito que existisse nivelamento de conhecimento, então foi uma grande surpresa. É a metade de inscritos do vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). É muita gente!

O que me deixou mais feliz é o número de pessoas que estão querendo mudar de vida, mas como eu sempre vou além, também pensei “Poxa, a gente fala todo os meses para mais de 8 milhões de pessoas e só 45 mil se inscreveram no vestibular”. Então, mesmo que 45 mil seja um número grande para o mercado, para mim ainda é pequeno.

 

MP: Qual o maior diferencial da Jornada da Desfudência em relação a outros cursos?

NA: Eu acredito que o maior diferencial esteja na narrativa, na linguagem e na complexidade dos assuntos tratados. A ideia foi trazer para esse curso, de uma forma muito simples, aspectos práticos dos investimentos. Eu investi o meu próprio dinheiro: peguei R$ 50 mil e mostrei, gravando para os alunos, como eu faço para investir, de que forma eu diversifico esses investimentos e isso pouquíssimos profissionais do mercado fazem, mas é de extrema importância.

A metodologia também é um grande diferencial e fui eu quem desenvolvi. Ela leva a pessoa a passar pelo cenário desejado e a criar uma estratégia para alcançá-lo. Quando citei a linguagem, é porque usei humor para deixar as aulas mais leves e animadas. As gravações foram feitas em um lugar bacana e bem bonito para levar uma experiência visual de cinema para os alunos.

Além disso, todos os módulos terão provas, que serão usadas para avaliar o desempenho dos alunos. E na maioria dos cursos tanto faz se você completa as atividades ou não. Na Jornada, se você não faz, é um looser mesmo.

 

MP: Quais seus principais objetivos com o curso?

NA: Acho que o principal objetivo é tornar esse processo do planejamento financeiro algo mais simples, didático e claro. Mostrar para as pessoas que cuidar do próprio dinheiro e das próprias finanças não é algo complicado e, mais do que isso, é algo essencial, que deveria ser feito nas escolas e infelizmente não é. Então o curso está aqui justamente pra isso: é uma sala de aula online, onde o objetivo final é transformar pessoas comuns em pessoas com autonomia financeira. Tanto para poupar, quanto para investir e tomar decisões.

 

MP: Por que as pessoas devem trilhar a Jornada da Desfudência?

NA:  Eu acredito que todo mundo deveria trilhar a Jornada da Desfudência porque a fudência, que é o contrário, gera impactos muito negativos na vida das pessoas e não só do ponto de vista financeiro. Quando falamos de planejamento pessoal, falamos do dinheiro como um meio para realizar os objetivos e também para que as pessoas possam conquistar aquilo que desejam, como qualidade de vida, lazer, confiança e autoconfiança, que são coisas que o dinheiro proporciona, mas que não é o que ele causa.

Hoje no Brasil, infelizmente, existem muitas pessoas sofrendo de depressão, dependência química, dependência econômica, que são aspectos ligados à vida financeira de alguma forma, mas muitas vezes não percebemos isso. Quando as pessoas concluírem a Jornada, perceberão que não é só ter mais dinheiro, é ter mais segurança, liberdade e controle sobre a própria vida.

 

MP: O conteúdo dos vídeos, do livro e do curso se interligam?

NA: Sim, eles se relacionam, mas é como se a cada etapa o conteúdo fosse ficando mais completo, não complexo. No vídeo eu tenho de 8 a 10 minutos para explicar um conceito, no livro eu tinha algumas páginas para explicar esse conceito e no curso serão horas.

 

MP: As vagas do curso são limitadas?

NA:  Não, as vagas do curso não são limitadas, porque é um curso online, então a gente não tem a limitação física. A única limitação vai ser a pontuação da prova. Só vai fazer parte dessa sala de aula online, quem passar na prova.

 

MP: Existirão bolsas de estudo?

NA: Sim, as pessoas pediram muito bolsa de estudo. E eu acredito que tudo tem que ser feito por competência e assim vai ser a bolsa de estudo. Não vamos dar o curso para as pessoas, porque conteúdo de graça já tem no Me Poupe!, que qualquer pessoa com internet pode aproveitar. Disponibilizamos 10 bolsas de estudos para os 10 primeiros aspirantes a alunos da Jornada que acertarem as 10 primeiras questões da prova.

 

MP: Haverá aulas ao vivo? Como elas serão?

NA: Sim, teremos aulas ao vivo! Estarei junto com os alunos, como mentora deles, para poder tirar todas as dúvidas pessoais. A ideia é trazer essas dúvidas para discussão entre os alunos também, porque muitas vezes mais de uma pessoa pode ter o mesmo questionamento. Também acredito que a troca entre os alunos é muito valiosa, já que a dúvida de alguém pode ajudar o restante da turma a entender melhor algum assunto.

 

MP:Você diria que dá pra sair rica do curso?

NA: Depende do que é riqueza. Se ser rico é sair com bagagem, com repertório, com conhecimento para tomar melhores decisões financeiras, sim, vai sair rico. Se a pessoa vai entrar com R$ 10  e sair com R$ 1 milhão, duvido muito, a não ser que tenhamos um baita de um gênio entre os alunos, aí vou querer conhecer essa pessoa. Mas de fato não existe mágica, por isso o conhecimento é o início da riqueza.

 

MP: Quais os principais conteúdos abordados?

NA: Mindset, que fala de psicologia econômica, ou seja, tomadas de decisão. O que nos leva a fazer algumas besteiras com nosso dinheiro, por que não avaliamos o longo prazo e a partir disso dar ferramentas para girar a chave do mindset. Também, dentro deste tema, apresentaremos técnicas práticas de coaching, tudo com avaliação e baseado em estudos científicos e em metodologias de outros professores que já foram testadas e comprovadas.

Recentemente estive em Londres aprendendo ainda mais sobre psicologia econômica em um congresso mundial e trouxe muitas coisas que vi lá pra dentro do curso. Pensando em investimentos, a gente vai falar muito sobre Renda Fixa e Renda Variável, vai passar por criptomoedas e até pier to pier landing, que são pessoas emprestando dinheiro diretamente para pessoas – é conteúdo inédito, porque nunca falei sobre isso nem no canal. Já na parte de ferramentas terão muitas planilhas, muitos simuladores e como usá-los, para que a pessoa não tenha nenhuma dúvida quando ela encerrar o curso e eu não estiver mais ali “ao lado dela”.

 

MP: Como funcionará a premiação para quem se destacar?

NA:  O aluno que se destacar ao longo do curso, a melhor aluna ou melhor aluno, receberá um prêmio no valor de R$ 10 mil. Para definir o ganhador faremos análises quantitativas, através de uma prova que terá no final de cada um dos 4 módulos. Também analisaremos a retenção da pessoa em cada vídeo, se ela assistiu até o final.

E por fim, avaliaremos a participação dos alunos na comunidade, se estão interagindo. Claro que esse critério tem um peso menor, mas é importante também! Ao longo da Jornada serão propostas atividades que devem ser realizadas na comunidade, por exemplo. Além disso é importante levar questionamentos a outros alunos e interagir com eles.  

 

MP: Nath, você é a rainha dos descontos, sempre pechincha. E aí, seu curso vai ter desconto?

NA:  Claro que vai ter desconto! Eu sempre falo “quem paga à vista, sempre paga menos, sempre tem desconto”. A gente já até fez o trabalho para as pessoas, antes mesmo delas pedirem. O valor do curso é de R$ 1938,00 que pode ser parcelado em até 10 vezes, mas quem pagar à vista, o desconto é de quase 13% e o valor fica R$ 1697,00 – é uma diferença de quase R$ 250,00!

Uma coisa muito legal é já mostrar para o aluno que, se ele juntar o dinheiro para realizar um objetivo, ele paga menos do que quem não se planejou. O que não significa que não seja bacana parcelar um curso como esse e nem digo por ser meu curso, mas eu sempre falo nos vídeos que uma das poucas coisas que vale a pena financiar, se for o caso, é a educação. Porque você adquire o conhecimento agora, mas ele reflete pelo resto da sua vida.

Durante a Jornada da Desfudência, a pessoa poderá até recuperar esse dinheiro através dos descontos que irá conseguir, redução de juros, melhorando os investimentos e otimizando as tomadas de decisões. Agora uma coisa que chamou a atenção é que o desconto já está dado, todo mundo já sabe os valores, mas apenas 7 pessoas desse universo de 45 mil entraram em contato com nosso canal de atendimento pedindo mais desconto. Ou seja, as pessoas têm mesmo muito o que aprender ainda!

 

MP: Defina o curso em 2 palavras.  

NA: Independência financeira.

 

Rebeca Sturki – Relações Públicas do Me Poupe! e formada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. Contato: rebeca.sturki@mepoupenaweb.com / Instagram: @resturki / LinkedIn: Rebeca Sturki

 

Você também pode gostar

Nath Arcuri ganha Prêmio Comunique-se de melhor jornalista de Economia

5 Dicas para chegar ao primeiro milhão ganhando pouco (Parte 1)

Freelancer: 5 Motivos para você ter um CNPJ

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ana claudia 10 de September | 2018

Eu quero Eu preciso aprender

Diana de Souza Araújo 28 de August | 2018

Uma das bolsas vai ser minha por isso não pedi mais desconto ;)

Viviane 24 de August | 2018

Quando começam as inscrições da jornada da disfudência? Quando será o curso?

Fernanda 24 de August | 2018

Eu só não pedi desconto no curso porque o objetivo principal é gabaritar essa provaaa!

Jéssica Münch 23 de August | 2018

Ótimas perguntas e respostas.. Estou muito ansiosa para o curso, estou estudando muitoooo!!! Espero conseguir a bolsa. Eu deixei nos comentários do YouTube que estava muito caro para mim, nesse valor dá 7 mensalidades da minha faculdade, pena que não rolou mais desconto, não sabia até que ponto poderia pedir para você musa das finanças. Enfim agora estou fazendo o possível para conseguir a bolsa. Adoro toda a equipe. BJUS, Até a Jornada da Desfudência "que eu vou conseguir passar"