Intercâmbio no Canadá: 5 dicas pra viajar e ganhar dinheiro

AVISO: Este post está no TOP 5 mais úteis da história do Me Poupe!

PS: Leia tudinho e depois me diga o que achou da dica 5!

Let`s go!

FIQUEI DE QUEIXO CAÍDO! RARAI
FIQUEI DE QUEIXO CAÍDO! RARAI

Morar no país mais simpático do Hemisfério Norte (a opinião é minha e ninguém tira)  é o sonho de muita gente. Eu mesma já pensei em ir pra lá nos meus tempos áureos de estudante. Como consegui meu estágio no SBT (valeu Silvio), o sonho ficou de lado e que bom porque hoje eu estou aqui te ensinando a enriquecer e a passar uma temporada no Canadá gastando menos e ganhando mais!

“Valeu Nath”

Ah, de nada!

 

Não que eu esteja velha (também não sou nova), mas a condição pra quem vai fazer um intercâmbio hoje é muito mais salgada do que na “minha época” devido ao preço do dólar, MAS…

imagens-legais-boa-noticia-80
HUM, FALE MAIS…

Enquanto o dólar americano está em torno de R$4,00, o dólar canadense está R$2,90 (cotação janeiro 2016). IUPI!

Ou seja, mais um motivo pra que o Canadá se torne o queridinho dos intercambistas e da Luisa (gente não resisti, desculpem os muito novos que não pegaram a piada).

VOLTEI!
VOLTEI!

Antes de dar as dicas quero deixar registrado aqui que o mercado de intercâmbio no Brasil é gigantesco e que quem pretende adquirir experiência morando, estudando e trabalhando fora do país tem que estar disposto a pesquisar MUITO!

Os preços, pacotes, condições, período da viagem,  tipo de hospedagem, indicação para um emprego variam muito de uma operadora para outra e existe ainda a opção de fazer tudo sozinho, gastar bem menos e pesquisar ainda mais.

Lembre-se: a maioria das operadoras de intercâmbio não inclui as passagens nos pacotes. Ou seja: Além de se programar para pagar o curso, você vai ter que se desdobrar pra pagar a passagem, que não é barata.

Mas você não achou que eu ia fazer um post de Intercâmbio pra botar uma pedra de gelo no seu sonho, né?

 

Um-simples-cubo-de-gelo-pode-transformar-seu-dia
pedra de gelo
sonho-de-padaria-assado
seu sonho

 

 

 

 

 

 

NUNCA, MEU BEM!

Viajar, conhecer uma nova cultura, pessoas diferentes, lugares novos,  aprender a se virar sozinho, superar os próprios limites, dominar uma língua estrangeira, trabalhar e ganhar em outra moeda… A lista de prós de uma viagem como esta supera de longe as dificuldades e o preço.

É nesse momento que vale a pena colocar na balança duas variantes:

PREÇO  X   VALOR

Se você chegar a conclusão de que o preço vale o investimento ( e eu tenho certeza de que vale) então faça o impossível para concretizar este objetivo. Pode ser que leve mais de um ano pra você ter a grana? PODE. Mas o que é um ano de trabalho perto de uma vida inteira transformada pela experiência mais enriquecedora desta existência?

Ah, como eu eu adoro motivar as pessoas! hahahahahaah

Let’s go, tips!

 

DICA #1relogio-de-parede-redondo-canada-486301-MLB20322722740_062015-F

DEFINA O TEMPO E O PROPÓSITO DO INTERCÂMBIO –

4 semanas, três meses, um ano? Sem saber pra que você quer viajar e passar um tempo em outro país fica difícil definir o tempo e principalmente o orçamento. Pra quem quer reforçar o inglês, menos de 6 meses são suficientes. Pra quem vai começar do 0, será preciso um longo período de adaptação e a viagem ficará mais longa e, consequentemente, mais cara. Já quem pretende trabalhar  e fazer uma grana em dólares enquanto estuda, quanto maior o período autorizado pelo governo, melhor.

                                                            DICA #2

pesquisaPESQUISE PREÇOS EM MAIS DE 5 OPERADORAS.

Com a alta do dólar, muitas agências estão fazendo promoções e vale a pena olhar todos os dias nos sites em busca de uma oportunidade melhor. Eu disse que não ia ser fácil. Na minha pesquisa encontrei cursos de 4 semanas em Toronto por

R$5.207 (ie.com.br)  e   R$10.152 (cursosnocanada.com)

O DOBRO DO PREÇO POR CURSOS MUITO PARECIDOS e que ofereciam o mesmo tipo de hospedagem, alimentação, etc. Fique de olho.

                                                                              DICA #3

poupar-investirPOUPE, MAS POUPE MESMO.

Se você ainda não trabalha mas já tem mais de 18 anos, acorda pra vida e vai trabalhar.

Se o sonho do intercâmbio é seu não espere que outra pessoa se dedique a ele tanto quanto você.

Faça a conta: Se a partir de hoje você poupar R$500 por mês fazendo um esforço sobre-humano pra ganhar mis e gastar menos, no final de 2016 terá R$5.500

Se colocar estes mesmos R$500,00 todo mês no Tesouro Direto (saiba mais aqui) no final de 2016 terá R$5.700,00

“só R$200?”

Se R$200 não fazem diferença pra você, mande um email demonstrando desejo em me doar este valor, por favor. (vai que alguém quer)

E assim, de pouco em pouco o seu sonho toma forma.

Seguindo este raciocínio, em 24 meses você terá o necessário pra viajar com tranquilidade.

                                                                            DICA #4

pega-varetas-435x353MEXA SEUS PAUZINHOS E ARRANJE UM EMPREGO NO CANADÁ

Ok, você não tem contatos no Canadá, mas com um uma mãozinha de um tal Google dá pra fazer um estrago, viu?

Pesquise ao máximo nos sites das escolas, veja quanto eles cobram pelos programas de estudo, estudo+trabalho, que tipo de acomodação oferecem ou não oferecem. Assim fica mais fácil negociar com as agencias ou decidir se vai encarar o desafio de programar a viagem por conta própria.

Pra quem busca essa alternativa indico este artigo do mochileiros.com – Veja o artigo aqui

OUTRA COISA:

A legislação do Canadá permite estudar e trabalhar na regra:

3 meses estudo para 3 meses trabalho

ou

6 meses estudo para 6 meses de trabalho.

Quanto mais tempo você ficar, mais barato proporcionalmente ficará o seu intercâmbio no Canadá. A diferença de preço entre o curso de 6 meses e de 1 ano costuma ser pequena. Ou seja: quanto mais tempo você ficar mais vantajosa será a sua viagem porque você terá mais tempo para trabalhar e ganhar em dólares.

O aluno tem garantido o direito de receber pelo menos a remuneração mínima da província em que está fazendo o programa. Em Colúmbia Britânica, por exemplo, província onde localiza-se Vancouver, a remuneração mínima é de CA$ 8 por hora, aproximadamente R$24,00. Em um período de trabalho de 8 horas:

R$192,00 / DIA

Em 6 MESES (estimativa contando apenas os dias úteis)

R$25.000 VINTE E CINCO MIL REAIS

sem descontar os gastos, claro.

Por isso vale tanto a pena pesquisar, ver quanto tempo em casa de família você pode ficar, quanto irá gastar com alimentação, hospedagem, transporte, etc. Não dá pra ficar rico, mas dá pra voltar com boa parte do capital investido.

                                                                   DICA #5

s320x240

ABRA A CABEÇA PARA OUTRAS POSSIBILIDADES

Existe um mundo de opções mais em conta ou até de graça pra quem quer ter uma experiência no exterior. Olha, fiquei até feliz com o numero de alternativas que eu encontrei.

1 – Deixe um investidor financiar o seu sonho. Uma iniciativa muito bacana da Education Dream.

entenda mais aqui

2 – Trabalhe como babá, receba R$1.500 de ajuda de custo para os estudos e ganhe até R$650 por semana pagando muito pouco pela inscrição e nada pelas passagens.

Isso se chama AuPair. É indicado apenas para mulheres maiores de 18 anos.

Veja mais nestes blogs bem bacanas de quem já passou por isso e amou.

Blog das 30 au pairs

Este aqui fala sobre os preços do programa e o que está incluído no pacote Au Pair nos Eua

3 – Troque o trabalho pela hospedagem.

Quando descobri este serviço online quase pirei. A primeira proposta era trabalhar em um barco pirata como garçonete em troca da hospedagem. Todos os serviços oferecidos são remunerados. Vale muito a pena pesquisar.

Worldpackers – Site gratuito para procurar oportunidades em hostels, casa de nativos, comércios locais e experiências das mais diversas, como dar aulas de inglês para crianças. Tem ofertas no mundo todo.

Workaway – Muito parecido com o anterior, oferece mais opções de locais mas cobra anuidade.

ENFIM,

Eu teria que fazer um blog só sobre intercâmbio pra dar conta da enxurrada de informações, mas com as dicas ai em cima dá pra ter uma noção básica do que procurar e como fazer isso.

Ah, compartilhe este post! Pode ter um monte de gente por aí precisando dessas dicas!

E se você quiser receber outras dicas no seu email, inscreva-se na Newsleter colocando seu email aqui embaixo do post. É de graça e não mando Spam pra ninguém (era só o que faltava).

Viaje, descubra, realize e seja feliz.

Serviço CI Intercâmbio:

Toronto – Canadá

4 semanas de curso de inglês com 20 lições/semana;

4 semanas de acomodação em casa de família em quarto individual com café da manhã e jantar

Material e taxas da escola

R$ 5.207

 

 

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

3 comentários em “Intercâmbio no Canadá: 5 dicas pra viajar e ganhar dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *