Dívida faz mal à saúde. Conheça o remédio!

O assunto é sério! Se você já teve palpitações, ficou angustiada, teve dor de cabeça ou conhece alguém que reclama além da conta das contas a pagar, fique alerta: Pode ser o mal da dívida! Conheça aqui os sintomas e o tratamento!

Eu já conheci gente que se separou, que brigou com a família, que perdeu o emprego, se afastou dos amigos e pior: gente que perdeu a saúde para as dívidas. Só de pensar nessas pessoas eu quase fico doente por tabela.
As doenças relacionadas às dívidas costumam ser são aquelas de fundo emocional, como depressão, ansiedade, dor de cabeça e pressão alta, 
Eu sei que o assunto é pesado, mas pare pra pensar na sua vida financeira e analise só por alguns instantes se você já não se deixou abater por uma dívida difícil de quitar, um gasto inesperado que bagunçou o orçamento… Ou quem sabe aquela extravagância que você cometeu (danadinha) mesmo sabendo que não deveria ou não poderia.
O QUE ESTÁ ACONTECENDO?
Com a recente alta do desemprego infelizmente o numero de pessoas que adoecem por causa das dívidas aumentou. Só na central de atendimento aos super-endividados do Hospital das Clinicas de São Paulo o volume de pacientes dobrou nos últimos cinco anos e a cada semana surgem três novos pedidos de ajuda.
PORQUE?
 
Por vários motivos, mas vou listar alguns:
1 – consumo do tipo “como se não houvesse amanhã”
2 – falta de planejamento pra parcelar as compras
3 – redução do poder de compra por causa da inflação
4 – desemprego
5 – falta de dinheiro na aposentadoria
E AGORA?
Parece o fim do mundo, uma bola de neve que engole a família inteira e sim, é difícil sair dela, mas não impossível!
TÁ, MAS COMO?
 
O remédio pra dor de dívida depende de uma única habilidade: ORGANIZAÇÃO
A primeira coisa que você deve saber pra recuperar a saúde, literalmente, é que existe saída, que você não está sozinha, não é burra e quem diz o contrário é otário e talvez esteja tão atolado em dívidas quanto você.
Vamos à bula do remédio antidivida!
1 – Reúna todo os documentos das dívidas como boletos, cartas de cobrança, extratos no negativo, etc
2  – faça as contas e chegue ao numero total da dívida com e sem os juros. Ou seja: descubra quanto realmente você deve e qual o tamanho da dívida com os juros embutidos.
3 – Analise friamente de onde pode sair o dinheiro para quitar parte ou a totalidade da dívida. Diminua os gastos, venda um carro (não a casa), mude os hábitos e encare a realidade!
4 – pesquise linhas de crédito com juros decentes e, se preciso, troque uma dívida desumana por uma que caiba no seu bolso. Dividindo em parcelas, fica mais fácil de se livrar do monstro!
5 – Se quiser acelerar o processo descubra novas maneiras de ganhar dinheiro. Se você tiver talento para a maquiagem, por exemplo, ofereça o serviço às amigas e colegas de trabalho! Todo mundo ajuda quem quer ser ajudado!
FAÇA O TESTE DE SANIDADE!
Pra saber se as dívidas estão prejudicando a sua saúde, sugiro que você faça um teste bem bacana desenvolvido pela  Serasa, aquela empresa que dedura os inadimplentes!
Entra lá no site deles e faz o teste! O link está aqui.
TENHA UMA VIDA FINANCEIRA SAUDÁVEL, ENCONTRE A CURA E SEJA FELIZ!

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Um comentário em “Dívida faz mal à saúde. Conheça o remédio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *