Comprar não é pecado III – A batalha final


Agora que a gente tá aqui pelo terceiro mês consecutivo a gente tá se achando.
E resolvemos chamar a nossa coluna de Comprar Não É Pecado e pronto.
Vai ser tipo uma trilogia que não acaba nunca, hahahaha!!!!! (#starwarsfeelings).

Brincadeiras à parte, ainda temos várias formas de ensinar a vocês como avaliar possíveis compras e por isso ainda vamos falar muito disso nesse e nos próximos posts. E pra compensar tantas piadinhas sem graça nos dois primeiros posts hoje vamos fazer ~as sérias~ e falar de uma coisa que a Nath sempre fala muito: a diferença entre valor absoluto e valor relativo.


Exemplo da vida real: numa volta pelo shopping procurando uma peça de roupa com a sua cara você encontra:
1) uma calça jeans que custa R$ 100,00 e 2) uma saia de couro que custa R$ 1.000,00.

Mas você não é lá muito chegado em calças jeans – as que você tem usa muito pouco e nunca se sente muito bem nelas. Já uma saia de couro faz sim seu coração bater mais rápido e você já imaginou mil situações possíveis para usá-la, assim como mil formas de combiná-la com peças que você já tem no seu guarda roupa (lembra das dicas da nossa 1ª coluna? Se não, clica aqui.

Sendo assim, qual peça faz mais sentido comprar neste caso?
Sim, a saia de couro (desde que ela caiba no seu bolso, claro).

Tá, mas e se ela não couber no meu bolso? Afinal, estamos falando de uma peça cara, de material nobre e que a manutenção não é lá das mais fáceis e baratas. Antes de te responder isso, vamos te falar o que você NÃO vai fazer: que é comprar a calça jeans.

Muita gente acha que só porque a calça jeans cabe no bolso (afinal, ela custa um décimo da saia de couro que já sabemos que é cara demais pra você neste momento) ela é a solução para esse impasse.

Não né? Pensa que você nem gosta muito de calça jeans. Então, provavelmente você vai usar muito pouco (se usar) essa calça jeans. Ou seja, essa calça jeans vai ficar cara.

Vejam só essa conta:

Uma peça que custa R$ 500,00 que você usa toda semana por 1 ano (52 semanas)
custa R$ 9,61 por uso (vai lá conferir, eu usei a calculadora pra fazer essa conta, tá?).


Já uma peça que custa R$ 50,00 que você usa duas vezes no ano custa R$ 25,00 por uso.

Qual saiu mais cara?


Então, agora que já sabemos que você não vai comprar a calça jeans, o que fazer em relação a saia de couro que você acredita que faz todo o sentido comprar, considerando que ela ainda não cabe no seu bolso?

Temos algumas alternativas:

  • Negociar e tentar um desconto à vista;
  • Esperar a liquidação;
  • Dividir em várias vezes SEM JUROS não só observando se a parcela cabe no seu bolso mensalmente mas também:
    1. não se esquecendo das parcelas; AND
    2. não fazendo novas dívidas em cima dessas (presta atenção!!!!!!!);
  • Guardar dinheiro pra ter a grana pra pagar à vista e tentar a tal negociação que falamos lá no ponto 1.


Moral da história n.1:
Não vamos comprar nada só porque “tá barato”.

Moral da história n.2:
Pense friamente e não deixe a emoção tomar conta (aí você me fala: “meu Deus, e se acabar?” E eu te respondo: se acabar sua vida vai continuar seguindo numa boa, a gente garante 😊) -> se você não leu nossa coluna falando sobre razão e emoção, clica aqui.


A gente falou aqui de duas peças com uso parecido, mas isso vale pra um brinco e uma jaqueta, um par de sapatos e uma bolsa… vale sempre avaliar qual vai te trazer mais benefício no dia a dia e te facilitar a vida. Porque comprar algo barato que não vai te ajudar em nada não faz o menor sentido…

Nos próximos posts a gente vai continuar nesse assunto e trazer mais dicas pra ajudar vocês a avaliarem o custo x benefício de uma possível compra.

E se vocês tiverem sugestões de temas ou dúvidas, mandem pra gente aqui nos comentários! 😉
Beijos e até mês que vem,

 

Carol e Carlinha
Assinatura de Estilo
unnamed

 

 

 

 

 

 

Instagram: @estiloassinatura
Facebook: Assinatura de Estilo
www.assinaturadeestilo.com.br
www.programadescubraseuestilo.com


VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR

LOOKS GESTANTE: COMO SE VESTIR BEM GASTANDO POUCO

QUANTO CUSTA O SEU TEMPO? LEIA ANTES QUE SEJA TARDE!

ERA BRINCO, VIROU PINGENTE! RECICLE SUAS BIJUS E ECONOMIZE NO LOOK!

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *