Como utilizar o marketing pessoal para ganhar autoridade

Você pode ser um profissional autônomo ou um empreendedor consagrado, o marketing pessoal é um dos melhores recursos para estabelecer autoridade em um assunto na internet, independentemente de sua área de atuação.

Por Rock Content

 

Porém, nem sempre temos clareza quanto ao significado do termo e por isso há dificuldades em aplicá-lo a nosso favor. Por isso, hoje vamos falar exclusivamente de marketing pessoal e das dicas que podem ajudá-lo a se destacar na internet e promover o seu trabalho. Acompanhe!

O que é marketing pessoal?

Marketing pessoal é a personalização dos 4 Ps de Marketing (promoção, produto, preço e praça) para atender as necessidades pessoais. Trata-se da ideia de que pessoas podem ser “vendidas” ou “promovidas” de maneira similar a produtos para estabelecer liderança dentro de um determinado mercado.

Assim, o marketing pessoal tem um objetivo muito bem definido: transformar você em uma figura pública e sua palavra em autoridade dentro de um nicho específico.

Sabe como utilizamos a palavra “Maizena” como sinônimo de amido de milho? O marketing pessoal tem mais ou menos o mesmo objetivo: tentar fazer com que o nome de alguém seja sinônimo de um campo do conhecimento e que esse reconhecimento se traduza em oportunidades de negócio e bons rendimentos.

Essencialmente, marketing pessoal é como você é percebido e quais emoções provoca em alguém.

 

marketing-pessoal

 

Quais as vantagens de investir em marketing pessoal?

 

Em algumas carreiras, marketing pessoal é mais importante do que em outras. Profissionais que dependem da internet para divulgar os seus serviços como freelancers, redatores, designers e empreendedores são alguns dos que mais se beneficiam de um amplo conhecimento em marketing pessoal.

Ao contrário do que pode parecer, marketing pessoal não é uma ferramenta para torná-lo “famoso” e sim para ganhar autoridade. A fama, por sua vez, pode ser uma mera consequência da autoridade.

Quando falamos na força que sua palavra pode ganhar, estamos nos referindo ao poder de moldar a percepção do público. Como a própria Nath Arcuri, que hoje é, de longe, a principal autoridade em finanças na internet brasileira e, assim, conquistou milhões de seguidores.

 

AH, QUE FESTA

 

Alguém tem autoridade em um assunto quando consegue convencer as pessoas de que suas ideias a respeito daquele tema são importantes e de que o que ela faz merece destaque. Mas também estamos falando de conquistar espaço dentro do mercado.

Alguém que procura emprego precisa de um bom marketing pessoal, pois deve convencer os recrutadores de que é a pessoa certa para a vaga. Do mesmo modo, quem vende cursos online deve ser visto como um especialista no assunto. Convencer as pessoas daquilo que você gostaria que elas acreditassem é a essência do marketing pessoal.

 

Por que ganhar autoridade é importante na internet?

 

Na internet, particularmente, autoridade também tem outro significado: relevância. Os mecanismos de busca, como o Google, tendem a dar prioridade ao conteúdo produzido por fontes relevantes. Isso significa que quando alguém pesquisa “designer de logos em Curitiba” a ferramenta retorna os resultados que melhor possam atender quem pesquisou.

Ao estabelecer um bom marketing pessoal, há grandes chances de que esse resultado seja a sua página na internet. Esse tipo de tráfego pelo qual não pagamos é chamado de orgânico e frequentemente é a fonte de oportunidades de negócio.

Há outros benefícios no marketing pessoal:

 

1. Persuasão

É mais fácil persuadir as pessoas quando estabelecemos um marketing pessoal forte. A partir do momento em que suas opiniões ganham o tom de autoridade, passar mensagens fica mais simples e conquistar seus objetivos também.

 

2. Visibilidade

Um marketing pessoal forte lhe dará mais visibilidade dentro da sua área. Isso significa que quando surgirem oportunidades específicas as pessoas se lembrarão do seu nome com facilidade. Marketing pessoal, portanto, é bom tanto para quem tem um emprego tradicional quanto para aqueles que trabalham como freelancers.

 

 

3. Networking

Outro benefício do marketing pessoal é como ele ajuda a estabelecer relações com outras pessoas. O chamado networking passivo, quando alguém lhe procura para criar uma conexão profissional sem que você precise fazer o primeiro contato, é um sinal de que o seu marketing pessoal está funcionando bem.

 

4. Geração de valor

Utilizando marketing pessoal é possível aumentar o valor do nosso trabalho. Ao ser reconhecido como um especialista em determinada área você poderá cobrar mais pelas tarefas que desempenha e terá facilidade em ver retornos maiores.

 

5. Foco

Não sabe em que direção sua carreira precisa ir? Marketing pessoal o ajudará a identificar isso e a estabelecer metas que sirvam para avançar a conquista dos seus ideais.

Afinal, toda ação que você toma como “marca” deve reproduzir sua missão pessoal e os valores que carrega. Por essa razão, marketing pessoal é uma boa maneira de definir um foco.

 

marketing-pessoal-2

 

Como utilizar esse marketing para aumentar minha credibilidade?

 

1. Estabeleça uma meta

O marketing pessoal precisa começar do planejamento e todo planejamento tende a ser melhor executado com o estabelecimento de metas. Essas metas podem ser coisas como “aumentar a audiência do meu blog” ou “conseguir assinantes em uma lista de e-mails”. O importante é que elas fomentem o seu objetivo final e sejam capazes de direcionar esforços nesse sentido.

Você pode estruturá-las em metas de curto, médio e longo prazo e construir a partir delas uma estratégia. Metas de curto prazo seriam coisas como amplificar a sua audiência em redes sociais enquanto as de médio e longo prazo podem ser aumentar as curtidas nos seus posts ou os compartilhamentos. É necessário que todas essas metas se traduzam em um benefício imediato para a sua marca pessoal, caso contrário, elas não podem ser vistas como metas de marketing pessoal.

 

2. Pesquise um nicho de mercado

Construir autoridade significa ganhar espaço com uma fatia da audiência. Pense, por exemplo, em um influenciador digital ou alguém que cria vídeos para YouTube. É muito improvável que essa pessoa seja bem-sucedida se quiser abraçar todas as parcelas do público.

Do mesmo modo no marketing pessoal é importante determinar quem é o recipiente da sua mensagem. Assim será mais fácil traçar ações e identificar maneiras eficazes de influenciar a percepção do público.

 

3. Crie uma marca para si mesmo

Uma marca não necessariamente significa um logo ou uma assinatura visual. Quando falamos em “marca” dentro do marketing pessoal estamos pensando na impressão que você deixa nas pessoas e naquelas coisas que elas associam a você. Ou seja, princípios emprestados do branding para representar um resumo das ideias que se quer passar.

Pense no que você pretende representar e em que temas gostaria de estabelecer autoridade. Em seguida invista em ações que possam proporcionar isso como a publicação de artigos ou a utilização de uma rede social específica que seja utilizada pelo seu público e que você possa dominar.

 

4. Comece uma carreira como redator freelancer

Para aprender a utilizar o marketing digital é preciso praticar. Uma das melhores maneiras de se fazer isso é começando uma carreira como redator freelancer na Rock Content. Para isso, basta tirar a certificação de Produção de Conteúdo para Web gratuitamente, na Universidade Rock Content e já vai te ajudar muito a entender melhor como funciona o marketing digital.

Tudo isso o ajudará a entender como se comunicar melhor na web e o que será preciso fazer para conquistar a autoridade que você tanto almeja.

 

5. Conheça o poder das KPIs

KPIs são indicadores-chave de performance, isto é,  recursos que vão medir quanto sua estratégia está sendo eficiente. Se você deseja ganhar autoridade na internet terá de dominá-los e aprender a medir e entender o que cada um significa.

KPIs vão orientar a tomada de decisões e mostrar quais das ações que uma pessoa executa na internet ressoam melhor com o seu público.

Taxas de visitação, cliques em CTAs e volume de comentários são exemplos que medem a influência digital de alguém. Domine o Google Analytics e as ferramentas de mensuração do Facebook, Twitter e Linkedin para compreender como otimizar o seu marketing pessoal.

O marketing pessoal vai ajudá-lo a atingir seus objetivos e será determinante para que você consiga estabelecer um nome na internet. Bem aplicado, ele pode aumentar seus lucros e fazê-lo ter mais sucesso em cada uma de suas iniciativas. Por isso, estudar marketing pessoal e colocar as dicas mencionadas nesse post em prática é uma boa ideia.

 

Conseguiu entender como o marketing pessoal pode ser utilizado para ganhar autoridade na internet? Não leve nenhuma dúvida para casa. Confira agora porque você deve aprender marketing pessoal em nosso outro artigo sobre o assunto!

 

 

Comunidade Rock Content é um blog focado no treinamento e captação dos freelancers que produzem conteúdo na nossa plataforma para conseguirem aquela grana extra. Fornecemos as melhores dicas e práticas de produção de conteúdo para web, vida e carreira de freelancer, além de conteúdos gerais sobre organização, produtividade e Marketing de Conteúdo.

 

Este texto é de responsabilidade do autor do artigo e não reflete necessariamente a opinião do Me Poupe!

 

materiais-ricos-me-poupe

 

Veja mais de Rock Content: 

4 dicas incríveis de como aumentar sua receita com marketing digital

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *