PASSO A PASSO! Como aplicar no Tesouro Direto todo mês?

Por Nathalia Arcuri – Siga @NathaliaArcuri_Oficial

Se você já ouviu alguém dizer que o Tesouro Direto é a nova poupança deve ter ficado com uma pulga atrás da orelha e talvez tenha feito uma cara tipo essa…

Tesouro, a nova poupança? Hum…

Afinal, aplicar na poupança é muito mais simples, não tem custo, não paga imposto… Aparentemente é tudo de bom né? 

MAS NÃO É! 

“Ai lá vem a Nath me dar broca de novo!”

Olha, enquanto seu dinheiro estiver mofando na poupança, por menor que seja, a ladainha vai ser a mesma. (Você pode até desistir de mim, mas eu não desisto de você).

Meu trabalho na educação financeira é levar informação da forma mais clara possível e assim será até você aprender. (E você vai, ah, vai! Ou eu não me chamo Nathalia Arcuri, meu bem!)

Sendo assim, existem algumas coisas que você precisa saber em relação ao Tesouro Direto:

1 –  O que é Tesouro Direto?  Se você não sabe, leia este artigo simples e super didático.

2 – Quais são as modalidades de aplicação? Também está explicado no mesmo post. Não leu ainda? Veja aqui!

3 – Investimento mínimo de R$30,00.

Sim, deixei bem grande pra você não achar que leu errado. Com R$30,00 você já pode investir.

4 – Rentabilidade (em média) 50% maior que a poupança

5 – É mais fácil do que você imagina e dá pra programar as aplicações em Títulos (tipos de investimento do Tesouro) distintos mensalmente, como na poupança ou na previdência privada.

Vou deixar lá no final desse artigo alguns links pra vídeos onde eu explico os 5 pontos acima!

ASSINA O CANAL NO YOUTUBE! Tem vídeos novos toda segunda e quinta-feira pra você aprender a cuidar melhor do seu dinheiro suado e já tem mais de 8 mil malucos inscritos lá. É de graça e quanto mais gente se inscrever, mais anunciantes vão aparecer, mais informação de graça você vai ter e mais você vai enriquecer (e eu também, claro).

Agora que você já sabe o que é o Tesouro Direto e que é super seguro mandar o seu dinheiro pra lá, vamos à parte avançada da Bagaça:

Investimentos programados em Tesouro Direto

Uhulllll!

MODO DE FAZER:

Descasque 3 cebolas médias e corte em rodelas…

(Ops, passo a passo errado!)

palmirinha
Te peguei amiguinha!

Ok, parei com as piadas. Voltando:

Passo a passo pra fazer os investimentos programados no Tesouro Direto

1 – ABRA UMA CONTA EM UMA CORRETORA DE VALORES (Aqui no Blog eu recomendo a Easynvest, que além de patrocinar o Me Poupe! não cobra taxa de administração pra Tesouro Direto e renda fixa em geral, mas você pode ver a lista completa das corretoras habilitadas no Site do Tesouro e fazer a sua escolha. Veja aqui)

2 – Determine o valor mensal que você pretende aplicar em Tesouro Direto e em qual tipo de Título (Selic, IPCA, Prefixado) você quer investir. Lembre-se: você pode programar a compra mensal em mais de um título e que cada um será indicado pra cada objetivo. (eu explico melhor isso aqui)

2 – Entre em contato com seu banco (Bradesco, Itau, Banco do Brasil, etc) e solicite o envio mensal do valor que você determinou para a sua conta na Corretora de Valores.

(ATENÇÃO AO PULO DO GATO PRA NÃO PAGAR TARIFA DE TED OU DOC NA TRANSFERÊNCIA ENTRE CONTAS NO VÍDEO LÁ NO FINAL DO POST!)

3 – Na plataforma da sua corretora de valores, faça a programação dos investimentos para o dia seguinte ao envio do banco. Ex: Todo dia 5 João vai tirar R$400,00 da conta corrente no Banco e enviará para a conta na corretora e todo dia 6 serão feitas as aplicações programadas no Tesouro Direto.

IMPORTANTE: Você pode programar essa compra pra qualquer dia do mês.

4 – Seu dinheiro vai te agradecer rendendo 50% MAIS do que na poupança!

E eu vou te agradecer por ficar rica ou rico mais cedo e sair espalhando por aí que o Me Poupe! mudou a sua vida.

“Até parece que eu vou ficar rica investindo R$300,00 por mês…”

Olha, eu amo quando as pessoas duvidam!

Vamos à simulação!

JOANA vai guardar R$300,00 por mês na poupança durante 30 anos pra ter uma boa reserva no Futuro, apesar de saber que em 2015 e em 2016 a poupança perdeu para a inflação, ou seja, o dinheiro desvalorizou.

VITÓRIA vai aplicar os mesmos R$300,00 todos os meses em Tesouro IPCA pra garantir que o dinheiro dela estará sempre mais forte que a inflação. (Tesouro IPCA 2035 está pagando hoje 5,98 + Inflação no período de 1 ano).

Levando em consideração inflação=poupança

Em 30 anos…

Joana (Poupança) terá R$108.000,00

Vitória (Tesouro) terá…R$270.000,00

R$162.000 a mais TÁ BOM PRA VOCÊ?

legal hein

“Mas Nathalia, como isso é possível? É mais que o dobro! Você está louca?”

Olha… Às vezes falo sozinha, mas minha psicóloga jura que é normal.

E não, não é loucura, é juro composto.

ATENÇÃO!

O que eu vou dizer agora pode doer, mas é para o seu bem.

Enquanto você continuar enxergando o valor do dinheiro apenas no HOJE o seu amanhã jamais será próspero. (Caraca! Anota que essa é boa para o Instagram!)

Os Juros Compostos são seus melhores amigos, tatue isso em algum lugar pra não esquecer.

(É Brincadeira, aprende o conceito que já tá valendo)

Eu até já falei que vou batizar meu filho de Juro Composto Arcuri. Não é lindo?

Se você tiver dúvidas, esqueça a timidez. Deixa seu comentário e assim que der eu respondo. Mas antes de perguntar, leia os posts abaixo! Eles vão te ajudar muito!

Só pra encerrar, usar o Tesouro Direto como uma ferramenta de previdência privada também é tendência. Aplicando mês a mês você protege o seu dinheiro e ainda garante um futuro mais tranquilo.

#FicaaDica: Para previdência privada, prefira o Tesouro IPCA de longuíssimo prazo, que vai proteger o seu dinheiro contra a inflação.

Faça seu dinheiro trabalhar pra você e seja feliz.

Recado importante da Nath

easynvestEste artigo foi produzido com o apoio da Easynvest , a corretora de valores que assim como o Me Poupe! acredita no valor da educação financeira. Se você quer investir, mas não sabe como nem onde fazer isso, acesse www.easynvest.com.br e comece agora a cuidar melhor do seu dinheiro.

Gostou desse post? Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe seu email pra receber as atualizações gratuitas e saber cada dia mais sobre economizar, investir e enriquecer!

Leia também!

Investir no Tesouro Direto é Seguro?

Use a inflação para investir

Passo a passo pra abrir a conta na Corretora de Valores

 

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

52 comentários em “PASSO A PASSO! Como aplicar no Tesouro Direto todo mês?

  • 12 de maio de 2016 a 1:12 pm
    Permalink

    Golpe! Como a Vitória faz as aplicações e no final a Fabiana é quem fica com o dinheiro? Rsrsrs

    Responder
  • 12 de maio de 2016 a 3:41 pm
    Permalink

    Nathalia excelente publicação! comecei logo menos de 2 semanas a acompanhar os seus posts e vídeos, alias muito educativos e divertidos, mas chega de “melação” rss. Eu gostaria de saber se eu entendi direito! Se eu investir mês a mês vamos supor um valor de R$150,00 no título NTNB-Princ IPCA+2035, eu estarei recebendo o valor acordado pré-fixado de (ex: 5,98% + a inflação ipca), o seja, independentemente do senário do pais daqui 18 anos eu “sempre” estarei corrigindo o meu dinheiro na inflação atual ? Somente para complementar eu pretendo utilizar o NTNB-principal como alternativa de criar a minha aposentadoria para daqui 30 anos “360 meses”), essa é uma opção segura ?

    Responder
    • 12 de maio de 2016 a 5:16 pm
      Permalink

      Boa pergunta Guilherme! E obrigada pela melação!
      O cenário desenhado na simulação levou em consideração a taxa atual de 5,98% porém a taxa fixa do IPCA 2035 varia de acordo com o dia. Comprando mês a mês pode ser que um dia vc pegue a taxa de 5 e no outro pegue a taxa de 4 e no outro pegue uma taxa de 7 (como já aconteceu este ano). Cada compra será isolada e independente, entende? E vai render até o vencimento de acordo com a Taxa do dia. Espero ter ajudado! Compartilha o Me Poupe! Por ai! #ajudaanath

      Responder
  • 12 de maio de 2016 a 4:04 pm
    Permalink

    Oi Nathalia, boa tarde!

    Faço aplicações no TD há pouco mais de um ano. Nunca fiz esse tipo de programação de investimentos. Sei que não é o foco desse artigo (mas mesmo assim, espero que me ajude rsrs). Já li em outros artigos que é possível ganhar mais do que a rentabilidade contratada na compra do título, inclusive já vi ofertas de cursos que ensinem isso. Como talvez essa informação pode vir de graça se for realmente possível (e isso vai colaborar para que eu fique rico um pouco mais rápido), espero que possa me responder essa dúvida. Ah… E sim, eu estou indicando o seu blog e canal para que também fique mais rica ainda haha.

    Vlw. Beijos!

    Responder
    • 12 de maio de 2016 a 5:13 pm
      Permalink

      Murilo, o meu bolso agradece! Compartilha mesmo!
      E sim, apesar de ser uma prática recomendada apenas pra quem realmente entende do assunto, é possível ganhar um pouco a mais na venda antecipada, desde de que a taxa da compra do título esteja em vantagem em relação à que você comprou e que o desconto do Imposto de Renda não retire essa vantagem. Se é algo que você gostaria de dominar, vá em frente. Realmente o curso pode te ajudar.Beijos!

      Responder
  • 13 de maio de 2016 a 7:17 pm
    Permalink

    Nath! Fiz uma simulation na Easy e vi que a Letra de Cambio rendeu mais do que o TD em 12 meses (simulei com 5.000,00). A LC tem os mesmos termos que o TD de juros compostos? Ai menina, troço difícil pra entender =X
    BEIJUO!

    Responder
    • 17 de maio de 2016 a 10:51 am
      Permalink

      Oi Carol! Tudo depende de qual LC e qual Tesouro você está colocando em combate. Cada LC tem uma rentabilidade diferente. Lá no portal da Easy você encontra diversas (já viu lá?). Mas sim, As LCs e Tesouro e qualquer outro investimento em renda fixa funcionam da mesma maneira em relação aos juros compostos! (Já sabe que meu filho vai chamar Juro Composto? kkkk) Espero ter ajudado! qualquer coisa grita! E espalha este blog e o canal por ai! #ajudaanath

      Responder
  • 15 de maio de 2016 a 10:06 pm
    Permalink

    Nathália parabéns!! Seus vídeos são mto divertidos e ao mesmo tempo mto instrutivos! Vc tem a manha! Agora deixa eu te perguntar.. Conversei com algumas pessoas da área e elas me sugeriram aplicar em um fundo de investimento de renda fixa, ao invés do tesouro direto! Isso pq no fundo há pessoas que fazem essas movimentações (como a que vc explicou no post acima para o Murilo) por mim… Vc acha que em termos de rentabilidade, um fundo que tem rentabilidade aproximada de 101% do CDI é mais vantajoso do que investir no tesouro IPCA? Ou daria praticamente na mesma? Vlw!! Bjos!!!

    Responder
    • 19 de maio de 2016 a 4:43 pm
      Permalink

      Jack, o CDI é pautado pela Selic, que é quem controla o IPCA. (ou tenta, pelo menos). A inflação no ano deve chegar aos 12%. O tesouro IPCA está pagando cerca de 5% + IPCA ou seja: rentabilidade de 17% (sem descontar o Imposto de Renda e a taxa de 0,3 do tesouro). O CDI está em torno de 14%… Sem dúvida, o IPCA ( se você levar até o vencimento) é mais interessante

      Responder
  • 16 de maio de 2016 a 9:21 am
    Permalink

    Olá Nath!! Primeiramente, parabéns!! Adoro vc, os seus vídeos e publicações! Além de mto divertidos, são, principalmente, mto instrutivos!! Você tem a manha!! Agora deixa eu te perguntar.. andei conversando com alguns amigos da área e muitos me falaram que investir em um fundo de investimento de renda fixa pode ser melhor que investir no diretamente no Tesouro Direto, pois nesses fundos há profissionais que fazem essas movimentações (como você esclareceu para o Murilo, no post acima) que uma pessoa leiga como eu não saberia fazer. Sendo assim, considerando a aplicação em um fundo de renda fixa com rendimento médio de 103% do CDI, seria mais vantajoso que investir diretamente no Tesouro IPCA, por exemplo? O que você acha? Obrigada!! Bjos!!!

    Responder
    • 19 de maio de 2016 a 4:40 pm
      Permalink

      Oi Jack! Fico feliz que você esteja aproveitando as dicas!
      Seguinte: quanto mais você delegar, menos vai ganhar: FATO. Mas entre ganhar um pouco mais que na poupança e não ganhar nada, fico com a primeira opção. Minha dica é: aplique no fundo de renda fixa enquanto você não souber aplicar no Tesouro Direto ou em outra modalidade sozinha, mas aqui no blog vc tem todas as ferramentas pra fazer isso sem depender de ninguém. Até porque o banco vai pegar o seu dinheiro e… colocar no tesouro. Manda bala e estuda, minha filha! Quanto mais você souber, mais dinheiro vai ter sem fazer esforço. Compartilha o Me Poupe! e #ajudaanath

      Responder
  • 18 de maio de 2016 a 3:21 pm
    Permalink

    Boa tarde, Nathalia! Vi alguns videos do teu canal e li alguns posts aqui, ajudou bastante quem tá começando do zero como eu, porém, ainda tenho umas duvidas sobre o investimento no tesouro direto e aqui vão elas:

    Vi que posso fazer uma programação mensal do meu banco e corretora para que exista um investimento automático a cada mês, isso pode ser feito de forma “manual” e apenas quando eu quiser? (Ex: numa data diferente a cada mês ou em algum mês sim e outro não?)
    Entrei no site do tesouro e vi que em todos os títulos disponíveis, os vencimentos são a longo prazo, alguns têm antecipação do pagamento da rentabilidade por semestre, investindo nesse titulo eu posso retirar todo o meu dinheiro após o fim do semestre ou só na data do vencimento do titulo?
    Investindo no tesouro selic eu posso vender meu titulo no momento que quiser sem ter que pagar multa?

    Essas são algumas duvidas de um pobre leigo, ficaria muito feliz com respostas, teu trabalho aqui é bem legal e divulgarei com toda certeza kkk

    Responder
  • 26 de maio de 2016 a 10:25 am
    Permalink

    Oi Nath, vim aqui conferir o conteúdo conforme você sugeriu lá no insta! Agora posso dizer que, além do seu insta e do seu borgo (ficou meio gay isso? Não, né? Fica no contexto!), curto também seu blog.
    Mas aí, queria uma ajuda – você diz toda hora aí que a gente pode perguntar…

    Enfim, eu já processei e aceitei tudo. Como um bom engenheiro, já fiz as contas; Como um bom consultor de gestão, já me aconselhei e incentivei a ir fundo; E como um bom nerd, já googuei por horas… Contudo, permanece uma questão: As transferências pra corretora. Li seu post sobre conta digital também. Acontece que hoje somente 3 bancos (Bradesco, Itaú e BB) possuem essa opção no cardápio, no entanto enfrento 2 problemas:
    1. É terrível conseguir adquirir estes produtos lá. Mais fácil ver Batman vs Homem-Aranha nos cinemas.
    2. Por várias razões lógicas eu possuo conta na CEF. Teria eu que, portanto, visto que não vou pagar ted pra minha própria conta digital, sacar na CEF, ir pro outro banco depositar e ser feliz? Caramba… Sabe aquela sensação quando vc corre pro banheiro, senta e, quando se dá conta, não tem papel? Então, estou nessa… Ajuda aí!

    Responder
    • 27 de maio de 2016 a 4:36 pm
      Permalink

      Guto, sei bem como é a sensação (mas que imagem nojenta!kakakak). Apesar da trabalheira, essa seria sim uma boa opção. Mas se você tem conta na caixa pelo fato de receber o salário por ela também pode ter a opção de ter apenas uma conta salário, cuja tarifa é 0. Se essa é uma opção, o envio de dinheiro para outro banco não é tarifado. Mas você não usaria mais a conta na Caixa. Quem sabe pode ser uma saída melhor para a sua dor de barriga… (afff, que infame!) Beijos e compartilha o Borgo, Nath e Me poupe pra todo mundo!

      Responder
      • 3 de julho de 2016 a 5:32 pm
        Permalink

        Nath!
        Consegui fazer esta conta digital no Bradesco, mas possuo minha conta no BB. Fiz no Bradesco, pq foi muito rápido de fazer, ( a não ser pelo fato de não terem aceitado minha conta de telefone como comprovante de residencia, tive que fazer uma declaração. aff). Depois foi rápido. A melhor opção seria então tirar o dinheiro da conta BB, e depositar nesta conta digital do Bradesco para depois enviar para corretora? ISSO?

        Responder
  • 27 de maio de 2016 a 12:09 pm
    Permalink

    Nath, quero te agradecer por salvar minha vida financeira!! Thank you!

    Graças a seus vídeos e seus posts, aprendi sobre Tesouro, já abri minha conta na Easynvest e fiz os meus três cofrinhos (curto, médio e longo prazo.) Tenho aplicado nos três tipos de Tesouro mensalmente.
    Estou estudando mais sobre outros investimentos e sei que aqui no seu blog tem posts sobre eles, mas queria pedir vídeos, como os que você faz de Tesouro para outras aplicações, como: LCI, LCA, CDB entre outros, do jeito Nath de explicar. rsrs
    Assisti o que você fez para a Easy, mas se for do jeito que você fez esse do Tesouro para leigos, ficará mais fácil de entender.
    Faz? Diz que sim, que que custa, vai??? rsrs
    Um beijo sua linda!

    Obrigada mais uma vez!!

    Responder
    • 27 de maio de 2016 a 4:27 pm
      Permalink

      Débora! Segunda que vem o vídeo é justamente pra explicar isso, sua sortuda! Vai estar lá no Canal Youtube.com/mepoupenaweb segunda-feira às 20:00. Espero que ajude! Compartilha com a galera! Beijão

      Responder
  • 31 de maio de 2016 a 5:31 pm
    Permalink

    Nath! Ótimo trabalho, só tenho que agradecer.
    Mas trago algumas dúvidas. Como saber qual titulo comprar pra cada economia, exemplo, uma casa, um carro, com prazo curto, médio e longo.

    Obrigado

    Responder
    • 3 de junho de 2016 a 5:07 pm
      Permalink

      Pense sempre primeiro no prazo: Pra quando vc quer esses objetivos? Se é pra longo prazo, tipo uma casa, melhor confiar no Tesouro IPCA que vai garantir que seu dinheiro vai vencer da inflação até a data de vencimento. (E você pode escolher qual é melhor, se é o2023, 2035…)
      Curto prazo, Tesouro Selic
      Médio Prazo (menos de 3 anos) tem que fazer simulação e ficar de olho na economia. Se a Selic continuar cresçendo, pode ser que não valha a pena colocar em Prefixado. Mas se a tendência é de que a inflação caia e a Selic também, o prefixado por ser ÓTEMO!

      Responder
  • 1 de junho de 2016 a 10:33 am
    Permalink

    Nath, pelo amor de Deus, me ajuda.
    Eu sou uma pessoa inteligente, eu sei que sou, mas tenho muito pouco da inteligência lógico matemática e estou com MUITAS dúvidas, ontem eu tive até uma crise de choro por simplesmente não entender como funciona a vida financeira consciente.
    Veja bem, estou passando toda a minha poupança gordinha pra corretora pra passar pro tesouro direto. Essa é a minha poupança X. Ok até aí.
    Só que simplesmente não entra na minha cabeça essa coisa de investimento mensal. Eu to pensando em caixinhas, ok?
    Vamos supor: tenho meus 200 por mês que consigo poupar, que quero poupar, que seria meu Y mensal. Ok. Eu consigo aplicar no MESMO TÍTULO que comprarei no montante que eu já tinha guardado? Pra virar um X+Y todo mês?
    E ainda tem um Z, que é um outro din din que quero guardar pra montar minha reserva, que estaria numa outra caixinha. Aí eu invisto num OUTRO TÍTULO? Pra conseguir separar essa grana, visto que ela é diferente da poupança?
    Entendeu a minha dúvida? Você me explica muito bem como tirar meu dinheiro da poupança e colocar na corretora, mas e depois? Eu estarei comprando vários títulos todo mês? POR FAVOR ME AJUDA EU SOFRO DE VERDADE.

    Responder
    • 3 de junho de 2016 a 5:03 pm
      Permalink

      Giovana! Não chora! A Nath te ajuda!
      Olha só, você é muito inteligente até pra matemática porque toda a sua evolução de raciocínio está correta! Você pode colocar um montão de dinheiro em um título e voltar a colocar depois mensalmente no “mesmo título”. Coloque entre aspas porque apesar de ter o mesmo nome, você deve encarar como se estivesse comprando caixas X de tamanhos diferentes, entende?
      Olha o exemplo, como vc usou:
      Se você comprou R$10 mil de Tesouro Selic, comprou uma caixa X de tamanho M
      Se comprar R$200 de Tesouro Selic no outro dia, vai comprar uma caixa X de tamanho PP
      Ai que exemplo! kkkkkk

      Deu pra entender? Beijo e não fica angustiada! Eu também penei pra entender, filha. Ah! #ajudaanath e compartilha o Blog e Canal pra todo mundo!

      Responder
  • 6 de junho de 2016 a 2:23 pm
    Permalink

    Nathalia,

    Primeiro parabéns pelo blog! (conheci você através do Nerdcast)

    Minha dúvida é, se hoje eu comprar um título de R$ 10.000,00, eu posso aplicar mais R$ 300,00 no mesmo título ou terei que comprar um título novo de R$ 300,00?

    Outra dúvida é, consigo fazer o mesmo em um CDB? Aplicar um montante maior, e ir aplicando mensalmente na mesma aplicação?

    E a cereja do bolo vem agora, haha.

    Em um período de 2 a 3 anos, o que seria o ideal? CDB ou Tesouro Direto?

    Pelo app da easy invest, consigo aplicações de 114% sobre a taxa DI em até 2 anos de aplicação.
    Gostaria de aplicar R$ 10.000,00 e tentar aplicar uns R$ 200,00 mensalmente em até 3 anos.

    Achei a opção do CDB mais viável, levando em conta que a taxa DI está bem alta.

    Responder
    • 7 de junho de 2016 a 3:28 pm
      Permalink

      Rick, infelizmente não dá pra aprofundar tanto as orientações (São mis de 200 perguntas por dia!) Segunda que vem o video no Canal é justamente pra dar o caminho das pedras pra quem quer aplicar todo mês no Tesouro.
      Quanto ao CDB – tem valor mínimo e cada vez que você vai aplicar precisa respeitar este valor.
      Espero que já tenha ajudado! Aqui no Blog tem vários posts sobre CDB, LCI, etc… CONSUMA sem moderação É DE GRAÇA!

      Responder
  • 6 de junho de 2016 a 11:20 pm
    Permalink

    Olá Nathalia, descobri esse blog e o canal a apenas 2 dias e já vi diversos vídeos e alguns posts.
    Tenho algum dinheiro na conta poupança e gostaria de começar a investir no TD, porém estou desempregado e sem conta corrente a qual fechei devido a taxas e por não saber da existência da conta digital antes de ler seu blog.
    Posso eu aplicar esse dinheiro no TD, e assim que tiver renda fixa somar parte dos meus ganhos mensais a esse dinheiro aplicado anteriormente, ou preciso a partir do momento da aplicação no TD estipular uma quantia para ser enviada a conta da corretora todo mês ?
    Não sei se vou demorar para arrumar emprego, por isso a minha questão, pois não quero deixar esse dinheiro parado na poupança.
    Desde já agradeço, estou adorando o blog e o canal, e já estou compartilhando com todos, abraço !

    Responder
    • 7 de junho de 2016 a 3:21 pm
      Permalink

      Vini, adoro quando a pessoa chega e já diz que compartilhou o Blog! #Ahquefesta!
      Como você está desempregado, acho interessante não aplicar todo o dinheiro. Lembre-se que para aplicações por menos de 30 dias no tesouro você terá que pagar IOF de 0,30% o que não é interessante.

      Ou seja: todo o valor que puder ficar mais do que esse tempo deixe no Tesouro.

      E sim, depois que você aplicar uma vez pode voltar a aplicar quantas vezes e em quais títulos quiser. Segunda que vem tem video explicando isso lá no Canal! (e continua compartilhando pra ajudar a nath)

      Responder
  • 9 de junho de 2016 a 9:52 pm
    Permalink

    Nathalia,
    tem alguma diferença entre comprar os títulos do TD através do site da corretora e direto do site do tesouro direto?

    Responder
  • 17 de junho de 2016 a 1:06 pm
    Permalink

    OI Nah, vi no seu post que a aplicação no TD pode substituir a previdência privada. Mas gostaria de saber se essa substituição também é vantajosa quando a empresa complementa sua contribuição para a previdência privada. Deixa eu explicar melhor, na empresa do meu marido, a cada X que ele contribui, a empresa coloca mais X. Então se ele contribui com 100,00 a empresa coloca mais 100,00, totalizando 200,00 por mês em contribuição para a previdência privada. Ao meu ver, isso significa um ganho de 100% e parece super vantajoso. Poderia me explicar se realmente é mais vantajoso ou se, ainda assim, a aplicação no TD é melhor?

    Responder
    • 17 de junho de 2016 a 2:24 pm
      Permalink

      Iza, esse tipo de previdência em que a empresa coloca o mesmo valor é realmente muito vantajoso, afinal, você ja começa com 100% de rentabilidade no momento da aplicação. Só precisa tomar alguns cuidados e analisar algumas variáveis: Se o seu marido receber uma proposta de emprego de outra empresa, ele pode levar a parte da empresa com ele? (geralmente não). Se quiser usar antes, pode sacar? Em que condições? são perguntas que devem ser feitas pra tomar a melhor decisão.Beijo

      Responder
  • 23 de junho de 2016 a 9:37 pm
    Permalink

    Ola boa noite Nathalia estou conhecendo cada dia mas o tesouro direto através de seus videos e outros tb parabéns pelo trabalho então estou com uma duvida assim quero investir tesouro selic 2021 acho isso rs assim coloco um valor titulo Selic 2021 (LFT) 01/03/2021 10.000 ai o outro mês quero ir colocando 800 reais da pra coloca no mesmo titulo todo mês sem fazer a programada que ai posso varias os valores todo mês como funciona ?

    Responder
    • 24 de junho de 2016 a 9:22 am
      Permalink

      Eder, se eu entendi bem a sua pergunta, seu raciocínio está correto. O investimento programado é uma opção, não uma regra. Você pode aplicar quando e quanto quiser (min de R$30,00 e máximo de R$1milhão)

      Responder
  • 3 de julho de 2016 a 6:11 pm
    Permalink

    Nath!
    Ok, ainda não comecei a fazer os investimentos, mas já vi como faz, que tem vários títulos, que tenho que estudar direitinho cada título de acordo com meus objetivos. ok!
    Agora, se vou investir todo mês, ou um mês sim e outro não, esporadicamente, como faço para depois resgatar este dinheiro que está no tesouro direto para meu bolso.
    E como que faz com o imposto de renda? assim que eu resgatar já vem descontado?

    Responder
  • 3 de julho de 2016 a 8:07 pm
    Permalink

    Nath!
    E se eu investir no tesouro direto e de repente eu vir a falecer, pra quem fica este dinheiro???

    Responder
  • 5 de julho de 2016 a 11:18 pm
    Permalink

    Nath, parabéns pelo canal!! conheci através do nerdcast.
    se eu colocar 1.000 reais todo mês no tesouro IPCA com vencimento daqui a 10 anos. Como eu faço para calcular quanto eu vou tirar? Por que a calculadora disponível no site do tesouro.fazenda, ela só calcula com aquele valor já determinado, certo? Eu queria calcular com o acréscimo de 1.000 reais todo mês.

    Responder
  • 9 de julho de 2016 a 10:15 am
    Permalink

    oi nath bom dia
    quero investir mas tenho dúvidas, tenho um plano de previdência privada de 200 reais mensais e deposito 400 reais todo mês na poupança,para comprar minha casa própria, para casa própria penso na taxa selic, para minha velhice ipca, estou pensando certo.

    roberta celi.

    Responder
    • 12 de julho de 2016 a 3:00 pm
      Permalink

      Tá pensando bonitinho! Estuda mais renda fixa privada que dá pra melhorar ainda mais isso ai! Beijo

      Responder
  • 17 de julho de 2016 a 10:36 pm
    Permalink

    Boa noite Nath, estou chegando agora por aqui e já sei que você não gosta que a gente só pergunte sem pesquisar antes e batalhar pelo conhecimento (ouvi vc no nerdcast rs), mas, ainda não encontrei nada no seu conteúdo sobre a minha dúvida e acredito que é pertinente nesse post. Para quem já tem alguns anos de contribuição por empregos anteriores, mas, atualmente está desempregado, vale a pena pagar a previdência social como autônomo também? Ou qualquer investimento nesse sentido pode ser feito somente com TD?

    Responder
    • 22 de julho de 2016 a 7:09 pm
      Permalink

      Ai LUd… te amo! Seguinte: Pra quem é autônomo tem que avaliar a situação. A contribuição para Autonomos é mais alta. Se você conseguir contribuir como PJ, seria melhor. Eu aconselho quem não tem emprego com carteira a recolher o INSS porque por pior que seja, em caso de necessidade ele estará lá. Se vc engravidar, terá direito ao dinheiro da licença maternidade, se ficar doente, terá direito também. Se não pagar, não adianta chorar. Além disso eu vejo o INSS pra mim, pelo menos, como a grana que vai pagar o plano de saúde no futuro. É só pra isso que vai servir, mas já é alguma coisa! Obrigada por pesquisar!

      Responder
  • 24 de julho de 2016 a 7:38 pm
    Permalink

    MININA TU É FERA!!! GRAÇAS AOS TEUS VIDEOS E A “DIDÁTICA NATHIANA” TO CONSEGUINDO ORGANIZAR MINHA VIDA FINANCEIRA E MELHORAR MINHA CONDIÇÃO EM RELAÇAO A GRANA!!TO NO COMEÇO, MAS CHEGO LÁ, O CONHECIMENTO É UMA UMA FERRAMENTA EXTRAORDINÁRIA!!!
    MAS INDO DIRETO AO PONTO:
    NATH, NO TESOURO, SE APLICO NO MESMO TITULO TODO MÊS ESSE DINHEIRO ACUMULA? OU SÃO APLICAÇOES ISOLADAS QUE RENDEM VALORES DIFERENTES JÁ QUE FICAM MAIS OU MENOS DISTANTES DO PRAZO DE VENCIMENTO?
    VLW MININA, MANDA UM ABRAÇO PRO SEU FILHO, O JURO COMPOSTO SOU FANZÃO DELE!!

    Responder
    • 26 de julho de 2016 a 12:51 pm
      Permalink

      Kelly, sim eles rendem separadamente e cada um vai render de acordo com o que você pagou quando comprou o titulo, entende? Tipo, hoje o Tesouro IPCA 2035 está “pagando” 5 + IPCA. Daqui a um mês, quando vc for comprar o mesmo titulo ele pode estar “pagando” 5.5 + IPCA e assim por diante. Na média os ganhos mudam, mas o importante é que vc sempre vai ganhar da inflação.

      Responder
  • 25 de julho de 2016 a 5:01 pm
    Permalink

    Nath,

    Boa tarde

    Acabei de me inscrever na corretora que patrocina o seu blog. Tenho uma dúvida, que garantia eu tenho de que o dinheiro está em meu nome na corretora. Desculpe mas não entendo nada. Como você faz tudo virtualmente dá uma sensação de insegurança. O próprio depósito seria uma garantia?

    Responder
    • 26 de julho de 2016 a 12:48 pm
      Permalink

      Quando você abriu a sua conta foi gerado um código, entende? Eles sabem que você é vc pelo seu numero de CPF, conta, etc. Se você tá com medo, manda uma quantia pequena pra se sentir mais segura. Mas pode ir sem medo.

      Responder
  • 5 de agosto de 2016 a 10:24 am
    Permalink

    Ola Nath!! eu já abri uma conta na Easynvest mas não quero programar quanto devo tirar da minha conta corrente todo mês. Posso transferir manualmente todo mês?

    Responder
  • 4 de setembro de 2016 a 2:09 pm
    Permalink

    eu acredito que com pouco dinheiro aplicado e não mexendo o rendimento será excepcional . estou falando de tesouro direto. prefixado.

    Responder
  • 12 de setembro de 2016 a 9:34 pm
    Permalink

    Boa noite, Nathalia!!
    Tenho muuuitas dúvidas. ..
    Primeiramente, adoro seus vídeos!
    Com o bom humor é mais fácil aprender. Assistindo seus vídeos comecei a me apaixonar pelo juros composto, quero muito que ele entre na minja vida. Minha dúvida é a seguinte: pretendo comprar um terreno no valor de 50 mil. Daqui a dois anos, quanto devo polpar e qual título você me indicaria? Lembrando que vou começar do zero, não tenho o hábito de poupar e sou desorganizada… mas estou disposta a mudar! !
    Obrigada, você está mudando meu jeito de pensar!

    Responder
  • 7 de outubro de 2016 a 9:38 am
    Permalink

    Descobri suas dicas ha alguns dias e estou encantada com tanta beleza, inteligência e riqueza..kkk
    Então.. Gostaria de aprender sobre ações.. Você ensina?

    Responder
  • 28 de outubro de 2016 a 1:23 pm
    Permalink

    Nath, você pode fazer um vídeo explicando como investir no Tesouro SELIC usando o banco Intermedium? Conheço algumas pessoas que tem conta nesse banco e a taxa de administração cobrada por ele é pequena.

    Responder
  • 20 de março de 2017 a 1:54 pm
    Permalink

    Boa Tarde Nath!

    Eu assisti praticamente todos os vídeos do seu canal e estou tentando ardentemente convencer meu marido a seguir os conselhos “da mina louca das finanças” (como carinhosamente te chamamos em casa).

    O problema é o seguinte, estamos economizando r$2000,00 por mês e, se tudo der certo, teremos pagado todas as nossas dívidas até junho (que são bem altas), graças a ajuda do Drácula Themer ao liberar o FGTS.

    Enfim, no vídeo que você fez com o primo Rico, você disse que seus investimentos só se aprimoraram depois que você conquistou o carro e apto. O Gustavo Cerbasi também mencionou isso no masterclass, que ele e a mulher dele começaram a despertar para os investimentos depois de juntar para o casamento e fazer uma festa de arromba.

    Chegando ao ponto da minha dúvida: Todo mundo diz que é preciso fazer um fundo de emergência antes de tudo. Se eu e meu marido conseguirmos manter o ritmo de poupar r$ 2000,00, entre julho e dez teremos 12 mil, o que é praticamente o valor necessário para nossa reserva. Mas, por outro lado, ele tem o sonho de abrir um pet e eu uma escola de prefeitos, bem como comprarmos um carro, considerando que optamos ficar somente com a moto e a mercedes, vulgo busão, a fim de economizarmos.

    Além disso, eu sou apaixonada por viagens e fico com esse sentimento de impotência por juntar o dinheiro para um futuro totalmente incerto, “só por segurança”. Mas por outro lado, esse futuro incerto (merdas da vida) já aconteceu diversas vezes e o medo de nunca mais ser capaz de ter qualidade financeira, me deixa com mais dúvidas, pois o orçamento de casa só proporciona fazer uma coisa ou outra.

    Eu sei que cada um tem uma história, mas você poderia compartilhar como lidou com essas questões de necessidades reais de consumo e segurança financeira, só para ver se me dá uma luz?

    Muito Thank!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *