5 Passos para ser (Não parecer) Rica!

Se você já ficou tentada a parcelar aquela Lois Vuitton, se já se viu diante de um jeans Diesel pensando se tinha limite no cartão pra levá-lo pra casa ou ainda se marcou horário com o Marco Antônio de Biaggi (o cabeleireiro das estrelas) só pra postar no Instagram, cuidado! Você pode estar empobrecendo tentando parecer rica! Quer ser e não parecer? Vem comigo!

(Foto: Ricardo Unger)
Imagem de riqueza meramente ilustrativa

Tem gente que vai brigar, descordar ou ficar incomodada com esse assunto, mas eu não posso fechar meus olhos e fingir que não vejo o abismo financeiro no qual muitas mulheres estão caindo ao tentar parecer uma coisa que não são: Ricas.

Ok, elas até impõe uma certa fachada de classe, aparecem com aquelas bolsas que custam o preço de um carro (se for original), mas na boa? Quanto dinheiro elas têm aplicado em bons investimentos? De que maneira estão construindo o próprio patrimônio? Na bolsa de valores é que não é! Já na bolsinha Chanel…

SENDO ASSIM…

Pelo fim do parecer e pelo início do ser proponho aqui os

5 passos para ser (não parecer) rica

 #1  – Saiba o que é ser rica

Não sou eu quem está dizendo, é a língua portuguesa, ok?

Definição de “Rico”segundo o dicionário Aurelio

“que tem riquezas; que ou quem tem muitos bens ou muito dinheiro”.

Rica de verdade

A moça ao lado, que desfila pela rua como se fosse só mais uma mortal é uma das mulheres mais ricas do mundo, mas você diria isso se não soubesse quem ela é? Este é o exemplo máximo do ser e não parecer. Em tempo: Giselle Bundchen é conhecida entre as colegas por ter sido mão de vaca no começo de carreira. Artigos de Luxo, roupas de marca e carros caríssimos nunca estiveram na lista de compras dela até que a fortuna começou a aumentar.

Agora você já sabe que ser rica de verdade, precisa ter dinheiro! Não bolsa de marca, sapatos caros, carro zero financiado, etc. Pra ser rica, você precisa ter bens com valor de mercado (como imóveis, empresas), dinheiro aplicado e rendimentos que te garantam uma vida confortável sem que você precise se matar de trabalhar pra pagar a fatura do cartão de crédito no fim do mês.

# 2 – Estipule pequenas metas de poupança

Você pode aparecer com um celular novo e caro do dia para a noite, graças ao parcelamento, mas não vai ficar rica no mesmo prazo… sinto muito.
Pra ser rica de verdade, estabeleça metas de poupança para o mês. Assim que receber o seu salário ou pagamentos de clientes, caso seja autônoma, reserve uma parcela. O quanto você achar que pode. Minha sugestão: comece com 10% dos ganhos e depois vá aumentando até chegar aos 20%. “Impossível” você vai dizer. Mas eu digo, com as outras dicas e uma boa dose de realidade e amor próprio você consegue.

# 3 – Dê uma chance às alternativas de consumo

Tem gente que nem entra no supermercado popular por medo de ser vista entre as gôndolas caçando o melhor preço da lata de atum. É ou não é? Eu visito frequentemente os supermercados que anunciam promoções na TV, que distribuem panfletos na porta e até hoje não morri, incrível! (Tô meio bruta hoje, desculpe… mas é para o seu bem!). Por isso, peço a chance de uma pausa pra que você pense: quando foi a última vez que analisou de verdade o preço de cada produto que colocou no carrinho? Quando foi a última vez que você comparou os preços entre os supermercados? 
Você pode não acreditar, mas a diferença de preço entre os produtos pode chegar a 100% de uma loja para outra. Pode parecer apenas um detalhe na montanha de dinheiro que você gostaria de acumular, mas faça as contas:

Imagine que em uma compra básica no supermercado mais perto de casa (aquele pequeno que costuma ser mais caro) com suco, refrigerante, carne, frutas, chocolate, iogurte, produtos de limpeza, etc você gastou R$180,00.

Agora pense que em outro mercado, de uma rede mais popular, talvez um pouco mais afastado de casa você gastaria R$130,00 pra comprar os mesmos produtos.

ECONOMIA: R$50,00

EM 4 SEMANAS: R$200,00

EM UM ANO: R$2.400,00

Viu como vale a pena? O que? Não quer os R$2.400,00? Então deixa que eu te entrego as compras em casa e fico com o troco!

#4 – Não precisa ser de marca e caro pra ser bom

Repare nas duas bolsas e me diga: Qual é a mais cara?

Se você ficou em dúvida, qualquer pessoa pode ficar também! Logo, você poderia muito bem fazer uma escolha financeiramente mais inteligente ao optar pela bolsa amarela, que sai R$8.241,00 mais barata do que a outra com a logomarca famosa.
R$259,00
R$8.450,00

A questão aqui é:
Se você estiver bem vestida, se conseguir passar segurança e uma boa imagem ainda que esteja usando peças de ótimo custo benefício, quem vai ganhar destaque é você, não o acessório. Lembre-se disso.

# 5 – Mulheres ricas sabem o que fazer com o dinheiro

De que adianta seguir os passos acima se você não tem idéia do que fazer com o dinheiro que sobra?
Aqui no Me Poupe!  eu já dei vária dicas pra quem não sabe nada sobre investimentos e quer começar a saber. Veja agora e aprenda rapidinho!
Você vai ver como esse tal “mundo dos investimentos”é muito mais simples do que você imagina.
Seja rica de verdade! Nada de ficar pobre tentando parecer com uma.
 
Enriqueça, compartilhe este post e seja feliz!

Gostou das dicas? Veja o vídeo que fala mais sobre o assunto!

Me Poupe! no seu email

Cadastre-se, é na faixa!

Nathalia Arcuri

Sou a Nathalia Arcuri, poupadora por opção, jornalista por profissão e especialista em finanças pessoais por vocação.

15 comentários em “5 Passos para ser (Não parecer) Rica!

  • 21 de abril de 2015 a 8:06 pm
    Permalink

    Amando o blog ! Adoreeeeei as dicas Nathalia meus parabéns !

    Responder
  • 22 de abril de 2015 a 4:28 am
    Permalink

    Muito bom…quando vejo o email do blog é sem dúvida o 1º que abro p/ ler logo…
    Rumo a independencia financeira….

    Abraço!

    Responder
  • 27 de abril de 2015 a 6:12 pm
    Permalink

    Nathalia , parabéns pelo seu trabalho !
    Fico super anciosa por seus posts novos , adoro a forma que você nos passa a informação com uma simplicidade maravilhosa mais muito culta .. Meus parabéns e continue assim !

    Responder
  • 27 de abril de 2015 a 6:16 pm
    Permalink

    Nathyyyy ameeeeeei o post .. Tu poderia fazer um poste sobre compras para o frio ?? Porque amiga vou te falar .. Roupas de frio em para as crianças estão os olhos da cara ! E pra mãezona e o maridao também esta ! Tu poderia dar umas dicas , quando for fazer essas compras ? Desde já um beijaoooo e muita sorte garota e força nesse peruca morena linda e bem cuidada ! Beijaooo

    Responder
  • 2 de julho de 2015 a 8:39 am
    Permalink

    Bom dia! Natália vim correndo p/ o novo endereço me cadastrar. Parabens pelo conteúdo e obrigada por me ajudar rumo a independência financeira. Abraço!

    Responder
    • 6 de julho de 2015 a 12:24 am
      Permalink

      Eba Carla! Fico muito feliz que você migrou para esta belezura de blog novo! É muito bom saber que está ajudado! Qualquer dúvida, grita aqui! Beijo!

      Responder
  • 28 de agosto de 2016 a 11:23 pm
    Permalink

    Olá, Natália!
    Fiquei com dúvida! Mesmo endividada eu preciso me pagar primeiro? E também em relação aos investimentos, começo a investir antes de terminar de quitar as dívidas?
    Obrigada pela atenção!
    Beijo!!

    Responder
    • 2 de setembro de 2016 a 3:46 pm
      Permalink

      Lili, pagar as dividas é prioridade e ao priorizar esse pagamento você vai estar priorizando você de qualquer maneira, entende? Sem pagar dívida, seu saldo nunca estará positivo, afinal se você tem uma dívida de -3.000 e tem 1.000 na conta, qual é o seu saldo? -2.000! É importante pagar a divida, mas criar uma reserva ao mesmo tempo pra não fazer novas dividas! Então a prioridade é a reserva de emergência (tem video sobre isso no Canal!). Fez a reserva? Ai vai pagar as dividas todas! E no meio do caminho, vai tirando um pouquinho para os sonhos de curto prazo, porque ninguém merece viver só de pagar divida.

      Responder
  • 1 de setembro de 2016 a 12:00 pm
    Permalink

    Estou amando esta experiencia de falar sobre edução financeira, de uma forma simples e descomplicada.Obrigada Nathalia Arcuri!!!

    Responder
  • 28 de outubro de 2016 a 1:48 pm
    Permalink

    Adoro seu blog,Nathi! Sempre gostei de lidar com dinheiro e penso que nem você ,o dinheiro deve trabalhar para nós e não o contrário. Este tópico sobre parecer e ser rica sempre foi a pauta da minha vida e de minha família. Parabéns pelo excelente conteúdo!

    Responder
  • 3 de dezembro de 2016 a 7:25 pm
    Permalink

    Olá Nathi! Meu nome é Patricia, sou enfermeira. Gosto da profissão mas a remuneração é péssima. Gostaria de revender roupas de marcas como adidas , asics, track field….enfim roupas para academia e corridas. Por onde começo? Onde consigo essas roupas com pequenos defeitos ou coleções passadas.Me ajude por favor! Obrigada!

    Responder
  • 7 de abril de 2017 a 9:45 am
    Permalink

    É isso aí, amei, super amei essa matéria, estou começando a pensar e agir como uma mulher que ser rica, já estou economizando bastante, vendendo o que não tem serventia dentro de casa para investir, abri uma conta digital no Banco Intermedium, mas tá demorando pra eles me darem a resposta da análise, mas estou confiante que vai dar certo, depois vou abrir minha conta na Easynvest e aí vai ser só felicidade, vou começar a investir e ser muito feliz. Obrigada Nath, pela educação financeira que vc nos dá de forma gratuita. Um bjo e um abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *